Artur Luiz Andrade   |   14/06/2021 14:34   |   Atualizada em 14/06/2021 15:29

Aeroportos dos EUA batem marca de 2 milhões de passageiros/dia

Sextas, 11, e domingo, 13, foram os melhores dias para a TSA desde março de 2020

TSA/Twitter
A TSA (Transportation Security Administration), responsável pela segurança nos aeroportos dos Estados Unidos, atingiu marca histórica desde o início da pandemia. Na última sexta-feira, 11 de junho, e ontem, 13, mais de dois milhões de passageiros/dia passaram pelo sistema de segurança da TSA em todo o país. É a primeira vez que a marca é atingida durante a pandemia e indica forte reação do setor aéreo doméstico. O ponto mais baixo durante a crise foi em 13 de abril de 2020, quando apenas 87 mil passageiros passaram pelos aeroportos dos Estados Unidos. Em 11 de junho de 2020, apenas 500 mil passageiros passaram pela segurança da TSA, 1,5 milhão a menos que na sexta-feira passada.

O número de sexta-feira é 74% do registrado em 2019, quando a média de passageiros passando pela segurança da TSA era de 2 milhões a 2,5 milhões por dia. Muitos especialistas apostam que a marca de 2019 será batida no verão, que começa no fim de junho nos Estados Unidos. No domingo, 13, a TSA chegou perto de 2,1 milhões de passageiros, novo recorde desde março de 2020.

Até 13 de setembro, continua valendo a obrigatoriedade de uso de máscara em voos e aeroportos, assim como trens e ônibus.
Segundo dados dojornal USA Today, 52% da população dos Estados Unidos já recebeu ao menos uma dose da vacina contra a covid-19 e cerca de 43% está completamente vacinada, já que uma das opções, da Johnson & Johnson, requer apenas uma dose. Na sexta-feira passada foram registrados 13,4 mil casos de covid no país, contra 300 mil em apenas um dia de janeiro deste ano.

Tópicos relacionados