Movida

Bruno Hazov   |   22/02/2024 13:53

Aeroportos discutem investimento de R$ 20 bilhões com Governo Federal

Ministro de Portos e Aeroportos se reuniu com as 12 principais concessionárias aeroportuárias do País


Divulgação/ Ministério Portos e Aeroportos
Ministro Silvio Costa Filho reuniu, pela primeira vez na história, representantes de todas as concessionárias aeroportuárias do País
Ministro Silvio Costa Filho reuniu, pela primeira vez na história, representantes de todas as concessionárias aeroportuárias do País

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, se reuniu nesta semana com os presidentes das 12 concessionárias que administram 59 aeroportos brasileiros para discutir a alocação de R$ 20 bilhões em recursos previstos para reformas e adequações de estruturas aeroportuárias nos próximos anos.

Segundo a pasta, ações terão como foco o fortalecimento da aviação comercial, a ampliação de rotas domésticas regionais e internacionais e melhorias nos terminais. Em 2023 o setor de aviação civil no Brasil transportou mais de 112 milhões de passageiros, superando em 15% o volume transportado no ano anterior.

Entre as propostas do Ministério de Portos e Aeroportos está a criação de um grupo de trabalho da Secretaria Nacional de Aviação Civil em conjunto com o Ministério, Infraero e concessionárias privadas para identificar e criar novas rotas de transporte aéreo a partir de aeroportos menores.

"No último ano, conseguimos um crescimento acima de dois dígitos na aviação. Até 2026, nosso objetivo é que a aviação brasileira transporte mais 140 milhões de passageiros"

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos

Essa foi a primeira vez que o ministério se reuniu com as 12 principais concessionárias aeroportuárias do País. Além de propor novas rotas e ampliação de voos nos aeroportos regionais, o Governo Federal também pretende criar acordos para baratear os preços das passagens aéreas, incentivando mais viagens por modal aéreo no País.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias