EMPRESAS

Delta altera política sobre animais e bane pitbulls em seus voos

Em resposta ao crescimento no número de incidentes em seus voos, a Delta anunciou que irá alterar sua política de transporte aéreo de animais a partir de 10 de julho, aumentando suas restrições para apenas um animal por passageiro e banindo a raça pitbull de suas aeronaves.

"A segurança dos nossos funcionários e clientes é a nossa maior prioridade. Sempre revisaremos nossas políticas e aprimoraremos procedimentos para garantir que a Delta continue sendo líder em segurança”, declarou o diretor de Operações da companhia aérea, Gil West.

Desde 2016, incidentes que incluem urina, fezes e até mordidas de animais subiram 84% na Delta. Em junho de 2017, um passageiro ficou gravemente ferido após ser atacado por um cachorro durante um voo entre Atlanta e San Diego, nos Estados Unidos.

A Delta transporta aproximadamente 700 animais diariamente, chegando a quase 250 mil por ano. Já o número de humanos transportados pela companhia aérea é de 180 milhões por ano.

A política completa e informações adicionais sobre tipos de animais aceitos e outras questões relacionadas estão disponíveis aqui.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA