EMPRESAS

Amazon Prime Air: uma gigante entre as aéreas de carga?

Divulgação/Facebook
Enquanto a especulação sobre a escolha da segunda sede da Amazon ocupava um lugar importante nas manchetes dos negócios em 2018, a empresa continuou a construir suas operações de entrega aérea, expandindo sua presença em vários aeroportos dos Estados Unidos e ampliando sua frota.

Essa é uma boa notícia para aeroportos como Fort Worth Alliance, Cincinnati e Rockford, onde a Amazon planeja expandir sua presença, e também para o Air Transport Services Group, que está aprofundando seus laços com a gigante do varejo on-line.

Desde que a gigante da tecnologia começou a operar seus próprios fluxos de entrega, surgiram dúvidas sobre se a sua presença afetaria os negócios das gigantes de carga Fedex e UPS.

O impacto final da Amazon no mercado ainda não pode ser previsto, uma vez que a empresa está nos estágios iniciais de construção de suas operações aéreas. Mas, ao que tudo indica, suas ambições na entrega de cargas estão em ascensão


*Fonte: Capa Centre for Aviation

conteúdo original: https://bit.ly/2TCAUaz
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA