EMPRESAS

Iata inicia campanha para incentivar a diversidade de gênero


Divulgação/ Iata
Alexandre de Juniac, da Iata
Alexandre de Juniac, da Iata
A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) lançou a campanha 25by2025 para promover a diversidade de gênero no setor de transporte aéreo. A meta é aumentar o número de mulheres em cargos seniores, definidos pelas companhias aéreas associadas, e nos empregos com baixa representação (por exemplo, pilotos e operações) em 25% em relação às métricas atuais ou manter a representação mínima de 25% até 2025.

Este é um compromisso voluntário das associadas à Iata e a lista de empresas que já se inscreveram na campanha inclui China Eastern, Lufthansa Group e Qatar Airways. Atualmente não existe um relatório estatístico abrangente sobre diversidade de gênero no setor de transporte aéreo. Porém, com as mulheres representando cerca de 5% da população global de pilotos e 3% entre os CEOs, é evidente o desequilíbrio de gênero no setor.

"A aviação é o negócio da liberdade. Um exemplo disso é a liberdade de 2,7 milhões de mulheres e homens desenvolvendo carreiras empolgantes nesse setor, mas as mulheres não ocupam muitos cargos nos níveis mais altos. As companhias aéreas entendem o valor que uma força de trabalho diversificada com equilíbrio de gênero pode oferecer. A Campanha 25by2025 fornece um contexto global e incentivo às várias iniciativas que os nossos membros já estão adotando para resolver o desequilíbrio de gênero”, afirma o diretor geral e CEO da Iata, Alexandre de Juniac.

Acredito que a Campanha 25by2025 será um grande catalisador do progresso, que vai preparar o setor para conquistar ainda mais neste importante setor. Nosso trabalho não estará concluído em 2025. Na verdade, este é apenas o começo. Nosso objetivo final é, obviamente, presença de 50% de cada gênero, com oportunidades iguais para todos em cada área do setor”, ressalta.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA