Governo italiano assumirá total gestão da Alitalia

|


Divulgação/Alitalia
O governo italiano estipulou que a companhia deveria ser vendida até o dia 31 de março
O governo italiano estipulou que a companhia deveria ser vendida até o dia 31 de março
Algumas notícias divulgadas pela Reuters indicam que o governo italiano poderá assumir total controle da Alitalia em breve. Mesmo antes da crise causada pelo coronavírus, a companhia aérea já estava enfrentando sérios problemas financeiros devido, principalmente, à intensa concorrência entre as companhias europeias. Com uma dívida de US$ 3,3 bilhões, a aérea deveria ser vendida até o próximo dia 31, mas não recebeu nenhuma proposta efetiva.

Buscando manter a empresa ativa enquanto não recebia um novo investidor, a União Europeia realizou um empréstimo de 400 milhões de euros para a Alitalia. No entanto, surgiram alegações de que a ação viola as regras relativas aos auxílios estatais. Assim, a Comissão Europeia tem avaliado se o empréstimo é ou não considerado auxílio governamental e se está em conformidade com as regras da UE. Além disso, desde abril de 2018, a UE está investigando a legalidade de um empréstimo de 900 milhões de euros realizado pelo governo italiano em 2017.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA