Air Canada deve dispensar metade de seus funcionários em junho

|


Divulgação
A Air Canada vai cortar, via licença não remunerada, sua força de trabalho pela metade em junho, devido à crise causada pela pandemia de covid-19. As informações são do site Aviationweek.com. O corte de 50% a 60% dos colaboradores se segue ao uso do programa de ajuda do governo para outros 16,5 mil funcionários em março.

Segundo o site, 95% da oferta da empresa foi cortada e mais de 200 aeronaves estão no chão. A empresa mantém apenas cinco rotas internacionais, mesmo assim seus gastos são de US$ 15,8 milhões por dia.

A empresa também está aposentando algumas de suas aeronaves e tomando outras medidas para cortar custos. Leia a reportagem do Aviationweek.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA