Cathay Pacific receberá US$ 3,5 bi do governo de Hong Kong

|

Arquivo PANROTAS
O governo de Hong Kong fornecerá à Cathay Pacific US$ 3,5 bilhões em auxílio estatal. O dinheiro faz parte de um plano de recapitalização de US$ 5 bilhões para a companhia aérea. Segundo o portal Travel Weekly, o acordo permitirá que o governo de Hong Kong assuma uma participação de 6,08% na companhia e tenha dois integrantes sem direito de voto no conselho do Grupo Cathay.

O montante do auxílio governamental corresponde a US$ 2,5 bilhões em ações da Cathay Pacific e um empréstimo de US$ 1 bilhão disponível para levantamento imediato. O restante do valor contemplado pelo plano de recapitalização será uma injeção de US$ 1,5 bilhão dos acionistas já existentes na companhia aérea. Os três maiores acionistas da Cathay são a Swire Pacific, Air China e Qatar Airways.

A companhia aérea espera que, como toda a sua malha aérea é internacional, a recuperação seja lenta. "A infusão de novo capital que anunciamos hoje não significa que podemos relaxar. Na verdade, é muito pelo contrário. Isso significa que devemos redobrar nossos esforços para transformar nossos negócios, a fim de nos tornarmos mais competitivos", afirmou o presidente da Cathay Pacific, Patrick Healy.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA