Latam confirma malha de outubro fortalecendo GRU e BSB

|

O Grupo Latam Airlines confirmou a sua malha aérea programada para outubro. No cronograma, há uma novidade para o mercado brasileiro com a retomada da rota internacional São Paulo-Cidade do México e o fortalecimento dos hubs de Guarulhos e Brasília. A operação de toda a companhia, vale lembrar, segue sujeita às condições de mercado, em decorrência da pandemia, de autorizações governamentais e restrições de viagens dos países onde a empresa opera.

Divulgação
Em outubro, a Latam seguirá retomando gradualmente as suas operações já restabelecidas para 44 destinos domésticos no Brasil, atingindo a marca de 274 voos diários no País. De forma geral, a Latam voará para 38 destinos a partir do aeroporto de Guarulhos (quatro a mais do que em outubro de 2019) e para 30 destinos a partir de Brasília (90% dos destinos atendidos em outubro de 2019). A relação completa dos destinos já retomados pela Latam no Brasil está disponível aqui.

OPERAÇÕES DA LATAM
Incluindo todas as suas filiais, em outubro, o grupo deve operar de 24% a 26% da sua capacidade registrada no mesmo mês em 2019. Serão 440 voos domésticos e internacionais por semana (em setembro de 2020 foram 310), o que representa um crescimento de 42% frente ao mês anterior.

Além das novidades para o mercado brasileiro, a companhia planeja para outubro a retomada das rotas internacionais Santiago-Santa Cruz de la Sierra, Santiago-Bogotá e Santiago-Guayaquil, e a retomada da operação aérea doméstica e internacional no Peru.

Atualmente, o aérea atende 99 destinos em 13 países. Para outubro, em linhas gerais, planeja ampliar a operação doméstica das filiais – como na Colômbia por exemplo, onde a capacidade deve dobrar –, enquanto os voos internacionais são gradativamente retomados. Veja abaixo no detalhe:

Chile: Vai ampliar as frequências de voos para 12 destinos já restabelecidos no país e retomar as rotas internacionais Santiago-Santa Cruz de la Sierra, Santiago-Bogotá e Santiago-Guayaquil.

Peru: Vai voar para 15 destinos a partir de Lima e retomar a sua operação internacional (os destinos serão anunciados em breve)..

Colômbia: Vai voar para 9 destinos a partir de Bogotá, com um crescimento de 76% no número de frequências em relação a setembro.

Equador: Vai voar 98 frequências semanais para 7 destinos no país.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA