Governo aprova resgate da Air Europa por 475 milhões de euros

|

O governo espanhol acaba de aprovar o resgate de 475 milhões de euros pela Air Europa, segundo informações do El Mundo. O pagamento será realizado por meio do Fundo de Apoio à Solvência de Empresas Estratégicas, criado pelo governo para empresas em dificuldades com a pandemia e que é administrado pela Sociedade Estadual de Participações Industriais.

Divulgação
Governo aprova resgate da Air Europa por 475 milhões de euros
Governo aprova resgate da Air Europa por 475 milhões de euros
Esta ajuda é a primeira que o governo canaliza com dinheiro público por meio deste fundo. Em troca do auxílio, ele poderá decidir por "operações de nível superior" em relação à venda da companhia aérea, referindo-se à compra pela Iberia, que foi suspensa quando estourou a crise de covif-19. O fundo terá a possibilidade de dar uma opinião e transmitir seus critérios em relação a esse assunto.

Ainda de acordo com a publicação, o governo nomeará dois membros para o Conselho de Administração da empresa para a acompanhar o futuro breve da transportadora e deverá também ser consultada a nomeação do seu CEO, assim como eventuais cortes ou planos de demissões.

O empréstimo foi solicitado pela Air Europa em setembro, dada a delicada situação financeira que atravessa devido à queda da demanda. O resgate contribui com 75 milhões de euros a mais do que o solicitado no início, já que neste período a situação se agravou com o colapso do tráfego aéreo.

A ajuda será possível por meio de um empréstimo participativo de 240 milhões de euros e outro ordinário de 235 milhões de euros e a aérea terá seis anos para os reembolsar.

COMPRA DA IBERIA
Esta é a primeira companhia aérea espanhola a receber auxílio estatal. França, Alemanha e Holanda, por exemplo, já injetaram milhões de dólares em ajuda meses atrás às suas transportadoras carro-chefe.

Com o empréstimo, a compra da Air Europa pela Iberia é desbloqueada. A operação foi anunciada no ano passado e aguardava autorização da concorrência. Quando a pandemia estourou, ela foi suspensa e a Iberia estava no aguardo da aprovação deste resgate para renegociar o preço da companhia.


*Fonte: El Mundo

conteúdo original: https://bit.ly/2TMtcNg
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA