Qantas exigirá que passageiros sejam vacinados contra covid-19

|

Divulgação
Qantas exigirá que passageiros internacionais comprovem que foram vacinados contra a covid-19 antes de voar
Qantas exigirá que passageiros internacionais comprovem que foram vacinados contra a covid-19 antes de voar
A Qantas exigirá que passageiros internacionais comprovem que foram vacinados contra a covid-19 antes de voar, de acordo com informações da CNN. Segundo uma entrevista do CEO da aérea, Alan Joyce, ao veículo, a companhia pretende incluir a medida quando as vacinas estiverem disponíveis.

Para Joyce, a norma seria necessária para visitantes que vêm de fora da Austrália e que deixam o país. A Qantas está também analisando a possibilidade de os passageiros terem um "passaporte de vacinação" – como o que está sendo desenvolvido pela Iata –, algo que a indústria aérea está pensando seriamente.

Ainda de acordo com a publicação, embora a transportadora australiana seja a primeira a indicar que a vacinação seria obrigatória antes do embarque, outras empresas podem seguir o exemplo em breve. A Air Asia informou que, assim que uma vacina for disponibilizada, a exigência da mesma aos passageiros será debatida.

A discussão ocorreu logo após três farmacêuticas revelarem resultados promissores na luta contra o novo coronavírus. No entanto, ainda não é certo se uma exigência de vacina para viagens se tornará o padrão internacional e também há dúvidas sobre se os governos determinariam tal mudança antes de permitir a entrada de viajantes internacionais em seus países.


*Fonte: CNN

conteúdo original: https://cnn.it/3665O48
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA