American Airlines expande operações a partir de seu hub em Miami

|

Divulgação
Entre junho e julho, a American Airlines está reforçando seu compromisso com seu hub de Miami com o anúncio de duas novas rotas internacionais para Tel Aviv, Israel (TLV); e Paramaribo, no Suriname (PBM). A companhia aérea também está introduzindo duas novas rotas domésticas de Miami para Little Rock, Arkansas (LIT); e Portland, Maine (PWM); operando de 5 de junho a 16 de agosto. Todos os voos estarão disponíveis para compra em 15 de fevereiro.

O serviço com três operações semanais entre Miami e Tel Aviv começa em 4 de junho e será realizado em um Boeing 777-200. Os clientes terão a opção de escolher a Flagship Business, com assentos retos, Econômica Premium ou Cabine Principal no voo de 12 horas. A companhia aérea pretende oferecer refeições Kosher para encomenda e vinho Kosher a bordo.

A partir de julho, a American será a primeira e única aérea dos Estados Unidos a oferecer serviço sem escalas para Paramaribo. Os voos vão operar cinco vezes por semana em um Airbus 319, com uma programação conveniente para os clientes que viajam pelos Estados Unidos para se conectar através de Miami. Como novo destino da companhia aérea, o Suriname passa a ser o nono país atendido na América do Sul.

Este ano, a American Airlines também podem promete mais frequências de Miami para o Caribe. Por exemplo, Port-au-Prince (PAP) aumentará para cinco voos diários a partir de abril; e Santiago (STI) e Santo Domingo (SDQ), na República Dominicana; passarão a ter quatro e sete voos diários, respectivamente. A companhia aérea também oferecerá um voo diário adicional de Fort Lauderdale, Flórida (FLL) para Port-au-Prince (PAP), a partir de 2 de abril.

A aérea também aumentará o serviço de Miami para a América Latina, com 12 destinos vendo mais frequências neste verão em comparação com 2019. No ano passado, a companhia aérea introduziu a aeronave Boeing 787-8 no hub de Miami, oferecendo capacidade adicional para vários destinos. Esse serviço inclui Bogotá (BOG), Medellín (MDE) e Cali (CLO) na Colômbia; Guayaquil (GYE) e Quito (UIO) no Equador; Lima, Peru (LIM); Port-au-Prince (PAP); e Santiago, Chile (SCL).

“Desde o estabelecimento de nosso hub em Miami em 1989, o compromisso da American com nossa comunidade e nossa equipe não diminuiu. Durante a pandemia, continuamos a fortalecer nossa capacidade em Miami para atender à demanda da América Latina e do Caribe. Com o lançamento de novos destinos internacionais neste ano - Tel Aviv e Suriname - dois novos destinos domésticos - Little Rock e Portland - e voos adicionais para destinos importantes no Caribe, esperamos aprofundar ainda mais nossos laços com Miami”, afirmou o vice-presidente de operações da American para Miami, Caribe e América Latina, Juan Carlos Liscano.

Para mais informações e horários dos voos, acesse o site.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA