American Airlines e Gol já podem fazer ações comerciais em conjunto

|

Arquivo PANROTAS
Alexandre Cavalcanti, da AA, e Randall Aguero, da Gol
Alexandre Cavalcanti, da AA, e Randall Aguero, da Gol
Com a aprovação da proposta de parceria pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em 11 de fevereiro e 5 de março, a Gol Linhas Aéreas e a American Airlines iniciam seu acordo comercial, com facilidades e benefícios tanto para passageiros quanto para os distribuidores, como os agentes de viagens.

De acordo com comunicado das duas empresas, o acordo permite ações de incentivo com agências de viagens parceiras,” a fim de maximizar o atendimento aos clientes corporativos, e participação conjunta em eventos para promoções em Turismo, com o propósito de aprimorar e tornar ainda mais eficazes os serviços e a governança das empresas de forma imediata”.

Já os clientes passarão a ter acesso à ampla malha de destinos nos dois países (Brasil e Estados Unidos), também facilitado o acesso a países da América Latina, aumentando as opções do codeshare (anunciado em 2019), especialmente via FFP (Frequent-Flyer Program, em inglês) nos programas de relacionamento Smiles ou AA Advantage.

"A Gol considera esta aprovação um importante passo para a recuperação internacional, trazendo mais produtos, serviços e inovação para o corredor EUA-Brasil e a melhor conectividade e experiência do cliente em nossos principais hubs", afirma o diretor de Alianças, Expansão Internacional e Distribuição da Gol, Randall Saenz Aguero.

"A evolução do acordo trará ainda mais sinergias para ambas as empresas, que têm serviços e malhas aéreas complementares, além de criar mais oportunidades para iniciativas conjuntas que buscam estimular as viagens aéreas entre os dois países", complementa o diretor regional de Vendas da American Airlines para o Brasil, Alexandre Cavalcanti.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA