Gol registra receita líquida de R$ 1 bilhão no 2T21

|

A Gol anunciou hoje (29) o resultado consolidado do segundo trimestre de 2021. A receita líquida foi de R$ 1 bilhão, um incremento de 187% em relação ao 2T20. As outras receitas (principalmente cargas e fidelidade) totalizaram R$ 141 milhões, equivalente a 13,7% das receitas totais. O prejuízo líquido após participação de minoritários foi de R$ 1,2 bilhão, excluindo variações cambiais e monetárias, despesas líquidas não recorrentes, ganhos relacionados a Exchangeable Notes e resultados não realizados de capped calls.

Divulgação Gol
Gol registra receita líquida de R$ 1 bilhão no segundo trimestre de 2021
Gol registra receita líquida de R$ 1 bilhão no segundo trimestre de 2021
A aérea transportou 2,9 milhões de passageiros no período, o que representa um aumento de 366% versus o segundo trimestre do ano passado. O número de passageiro-quilômetro transportado pago (RPK) aumentou 344% comparativamente ao 2T20, totalizando 3,4 bilhões. O assento quilômetro ofertado (ASK) subiu 307% em relação ao mesmo período do ano passado. A taxa de ocupação média foi de 85,1%, um aumento de 7 pontos percentuais em relação ao 2T20.

O EBIT ajustado foi de R$ 144 milhões, correspondendo a uma margem de 14%, o que demonstra o restabelecimento das margens operacionais necessárias para suportar o crescimento da operação. O EBITDA ajustado atingiu R$ 222 milhões, com margem de 22% evidenciando os esforços de sustentabilidade, com equilíbrio entre oferta e demanda.

As aeronaves foram utilizadas durante 8 horas por dia, uma evolução de 23,1% em relação ao segundo trimestre de 2020, consistente com a estratégia da companhia de adicionar capacidade conforme os sinais da demanda. A pontualidade registrou 96,3%, um aumento de 0,2 pontos percentuais em comparação com o 2T20.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA