Latam é acusada de prática desleal ao incentivar compra direta sem taxa

|


Reprodução
Reprodução do post apontado pelas entidades da prática que a Latam estaria aplicando nas redes sociais
Reprodução do post apontado pelas entidades da prática que a Latam estaria aplicando nas redes sociais

Abav Nacional, Abracorp, Air Tkt, Aviesp e Braztoa enviaram ontem ao CEO da Latam Airlines uma carta expressando repúdio ao que consideram uma prática desleal da companhia aérea com o agenciamento de viagens. Segundo as entidades, a Latam está incentivando o cliente a comprar diretamente em seus canais, dando a entender que a compra via intermediários pesa mais em seu bolso.

LEIA A RESPOSTA DA LATAM, ENVIADA NA QUINTA-FEIRA (12)

Na carta, há um post coletado no Instagram da aérea com a mensagem "compre sem taxa de serviço em latam.com". Para as cinco entidades, tal prática dispensa cuidados, em especial éticos.


Reprodução
Cinco entidades assinam o ofício
Cinco entidades assinam o ofício

"Se faz absolutamente necessário o repúdio à Latam na utilização da expressão 'compre sem taxa de serviço', que, além de irregular do ponto de vista concorrencial, DENOTA descaso e falta de reconhecimento de qualquer tipo de parceria com o agenciamento de viagens ao comunicar que a compra com nossos associados seria mais onerosa ao consumidor", aponta trecho da carta.

Campanhas como essa, na visão das entidades, desvalorizam e discriminam a atividade do agenciamento de viagens. "Aguarda-se resposta urgente e imediata com providência eficaz para atualizarmos o mercado e nossos associados, sem a necessidade de qualquer outra discussão e apuração em outros canais competentes", concluem.

O Portal PANROTAS aguarda resposta da Latam Airlines, em posicionamento que já foi solicitado.

Leia a carta na íntegra:


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA