Gol reativa voo semanal para o Suriname

|

Divulgação
A equipe da Gol participou do voo de retorno. Na foto: Ciro Camargo, gerente de Desenvolvimento Internacional, Rosângela Alves, supervisora Comercial para a região Norte, e Eduardo Muller Fonseca Ferreira, gerente da base de Belém
A equipe da Gol participou do voo de retorno. Na foto: Ciro Camargo, gerente de Desenvolvimento Internacional, Rosângela Alves, supervisora Comercial para a região Norte, e Eduardo Muller Fonseca Ferreira, gerente da base de Belém
O último fim de semana marcou o retorno da Gol Linhas Aéreas ao seu quinto destino internacional, Paramaribo, no Suriname, desde que o processo de retomada dos voos para o Exterior começou. O voo direto de número G3 7473, operado com um Boeing 737-800, com capacidade para 176 passageiros, partiu do Aeroporto Internacional de Belém (BEL) na madrugada de domingo (9), à 0h05, e aterrissou no Aeroporto Internacional de Paramaribo-Zanderij (PBM).

A companhia opera a rota Belém-Paramaribo desde 2015 e voltou depois de uma interrupção de meses causada pela suspensão de voos ocasionada pela pandemia. O retorno da conexão se dá com um voo semanal direto de ida e volta, sempre aos domingos.

“Nesse processo de retomada gradativa e consciente de suas operações internacionais, a Gol já retornou ao Uruguai, México, República Dominicana e Argentina. Estamos extremamente contentes em voltar a proporcionar aos Clientes de Belém e todo o Pará uma viagem cômoda, rápida e segura para o Suriname, país reconhecido por sua cultura, arquitetura e natureza”, afirma o gerente Comercial para Mercados Internacionais da Gol, Luiz Teixeira.

PRÓXIMOS DESTINOS INTERNACIONAIS
Em abril e maio deste ano, outros dois destinos na América Latina estarão disponíveis aos clientes da companhia brasileira. A partir de 9 de abril, a Gol voltará a voar para Assunção (ASU), capital do Paraguai, e no dia 5 de maio, para Santa Cruz de La Sierra (VVI), na Bolívia.

Ambas as rotas mencionadas são operadas com o jato Boeing 737 800 da companhia aérea, que, em configuração internacional, tem capacidade para 176 passageiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA