Nova companhia aérea Nigeria Air será 100% privada, segundo governo

|

Reprodução/Twitter/Governo da Nigéria
O governo anunciou que não decidirá quem administrará a nova empresa
O governo anunciou que não decidirá quem administrará a nova empresa
O governo nigeriano usou o Twitter para anunciar que não possuirá mais 5% da nova companhia Nigeria Air.

"Esta será uma operadora nacional liderada e dirigida pelo setor privado", diz um tweet do governo. "É um negócio, não um serviço social. O governo não estará envolvido em executá-lo ou decidir quem o administrará".

A Nigeria Air, que identificou cerca de 81 rotas internacionais e domésticas viáveis, será atendida por novos terminais em Abuja e Lagos, onde se estima um crescimento de 11 milhões de passageiros no ano. A empresa está atualmente negociando com a Boeing e a Airbus em pedidos de aeronaves.

A Arik Air, uma das maiores operadoras da Nigéria, sofreu com problemas financeiros nos últimos anos e agora voa apenas dentro da África Ocidental. A estatal Nigeria Airways operou por 45 anos antes de fechar em 2003. A companhia aérea Virgin Nigeria Airways, do grupo Virgin, começou a voar em 2005, mas após várias mudanças de nome e de proprietários, a operação foi desativada em 2012.

Um patrocinador potencial da nova Nigeria Air é a Ethiopian Airlines, que é a companhia aérea mais lucrativa da África e uma das maiores. A nova companhia deve começar a operar em dezembro.


*Fonte: Travel Weekly

conteúdo original: https://bit.ly/2JCptKG
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA