Azul pretende reforçar operação no Paraná com 5 cidades

|


Divulgação
Umuarama, Toledo, Guarapuava, Pato Branco e Ponta Grossa
Umuarama, Toledo, Guarapuava, Pato Branco e Ponta Grossa

A Azul Linhas Aéreas planeja expandir sua operação para mais cinco cidades do interior do Paraná ainda este ano. Umuarama é um dos destinos visados pela companhia já a partir de outubro deste ano, e as cidades de Toledo, Guarapuava, Pato Branco e Ponta Grossa também poderão ter suas bases reabertas no segundo semestre. Isso porque, na visão da Azul, a vacinação avança e há uma "forte demanda por voos domésticos" no segundo semestre.

"Para que o planejamento de retomada nesses municípios se concretize, no entanto, aguardamos a realização de obras nos aeroportos locais para melhorar a operacionalidade dos voos", aponta a Azul, em comunicado. "Em Umuarama, por exemplo, pousos e decolagens só serão realizados após a certificação operacional do Aeroporto Municipal Orlando de Carvalho por parte da ANAC, além da instalação de equipamentos para operações com visibilidade reduzida e adequação de distâncias da pista para aeronaves modelo ATR-72.

Já em Ponta Grossa, Toledo, Guarapuava e Pato Branco, que já tinham operação da Azul antes da pandemia, necessitam da instalação de equipamentos. "A companhia aguarda a cooperação das autoridades locais para a implementação de melhorias na infraestrutura desses aeroportos", completa o comunicado.

De acordo com a companhia aérea, todos esses terminais carecem que os procedimentos de IFR (Regras de Voo por Instrumentos) se tornem IMC (condição meteorológica de instrumento), além de outros ajustes.

Na Revista PANROTAS desta semana, o diretor de Relações Institucionais da Azul, Marcelo Bento, fala sobre a estratégia da companhia aérea em cidades do interior do País. Confira na edição digital:

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA