American Airlines e Deloitte apoiarão produção de combustível sustentável

|

Divulgação
A American Airlines e a Deloitte anunciaram uma colaboração para promover o uso de combustível de aviação sustentável (SAF) para reduzir as emissões de carbono da aviação. O acordo de emissões SAF entre a American e a Deloitte reduz as emissões do ciclo de vida da aviação em 3.050 toneladas métricas de dióxido de carbono (CO2), o que equivale a aproximadamente 10 mil passageiros voando de Nova York a Los Angeles.

Esta é uma das primeiras colaborações entre uma organização que busca reduzir as emissões de CO2 geradas viagens corporativas e uma companhia aérea dos Estados Unidos que está usando SAF em suas operações diárias. Isso fornece à Deloitte uma oportunidade dentro da aviação para ajudar a cumprir sua meta de reduzir as emissões de viagens corporativas por funcionário em 50% até 2030.

“Reconhecemos o papel importante que a comunidade empresarial desempenha ao facilitar a transição para uma economia de baixo carbono. É uma tarefa monumental que nenhuma organização pode resolver sozinha, e é por isso que estamos ansiosos para trabalhar com a American Airlines em um novo conceito para acelerar a adoção de uma fonte de combustível que pode reduzir drasticamente as emissões da aviação”, afirmou o CEO da Deloitte nos Estados Unidos, Joe Ucuzoglu.

A Deloitte e a American reconhecem que o SAF é uma ferramenta importante para reduzir as emissões da aviação, embora ainda não esteja disponível na escala ou preço necessários para reduzir as emissões de forma significativa. Esta colaboração explorará como uma nova solução baseada no mercado - um certificado que aloca o valor de redução de emissões do SAF - pode beneficiar empresas que buscam reduzir suas emissões de viagens corporativas.

“Investir na descarbonização da aviação é um imperativo para nossa empresa e nossa indústria. Enquanto trabalhamos em direção ao nosso próprio objetivo de atingir emissões líquidas zero até 2050, sabemos que podemos ajudar a acelerar a transição para viagens aéreas de baixo carbono por meio de colaborações como essas, atendendo às necessidades de nossos clientes e do planeta. Estamos orgulhosos e entusiasmados por trabalhar com a Deloitte para promover nossa visão compartilhada para um futuro mais sustentável”, afirmou o presidente e CEO da American Airlines, Doug Parker.

O certificado SAF é um conceito em desenvolvimento pela iniciativa Clean Skies for Tomorrow do Fórum Econômico Mundial , com o objetivo de liberar novo capital para impulsionar a produção de SAF, aproveitando a ambição de metas climáticas corporativas para reduzir as emissões das viagens corporativas. O SAF, em conjunto com os certificados, pode ser usado por empresas para ajudar a cumprir suas metas de sustentabilidade.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA