Chile aprova joint-venture entre Grupo Latam e Delta

|

Reprodução/PANROTAS
Chile aprova joint-venture entre Grupo Latam e Delta
Chile aprova joint-venture entre Grupo Latam e Delta
O Tribunal de Defesa da Livre Concorrência, no Chile, aprovou o acordo extrajudicial celebrado entre a Latam e a Delta Air Lines com a Fiscalía Nacional Económica. O referido contrato e a resolução do tribunal que o aprova permitem, entre outras coisas, a implementação do seu acordo comercial de joint-venture, sujeito às medidas mitigatórias oferecidas pelas partes. Enquanto isso, continua em andamento o processo de aprovação regulatória do Departamento de Transporte dos EUA.

Assim que as aprovações regulatórias forem finalizadas, a parceria entre as companhias aéreas conectará as Américas a outras partes do mundo, oferecendo mais opções de viagens aos seus clientes.

ANDAMENTO
Em setembro, a joint-venture já havia sido aprovada por governos como o do Brasil, Colômbia e Uruguai. O acordo comercial precisava ainda ainda de duas aprovações, nos Estados Unidos e no Chile, para sair do papel.

“Com isso acreditamos que os destinos novos e a sinergia das malhas da Delta e da Latam na América do Sul devam ocorrer em algum momento de 2022”, disse o CEO do grupo, Roberto Alvo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA