Sita conquista certificado de carbono neutro

|

Divulgação/Sita
A Sita apoia projetos de energia renovável, reflorestamento e proteção da biodiversidade
A Sita apoia projetos de energia renovável, reflorestamento e proteção da biodiversidade
A Sita, fornecedora de TI para a indústria de transporte aéreo, anunciou que conquistou a certificação de empresa
CarbonNeutral. Este marco, realizado um ano antes da meta original de 2022, é o resultado de ações para reduzir significativamente as emissões associadas às operações comerciais no ano passado. Por meio do programa Planet+, a empresa reduziu as emissões de gases de efeito estufa em 48% entre 2019 e 2020.

O programa também visa reduzir as emissões com iniciativas projetadas para criar locais de trabalho sustentáveis e com eficiência energética e reduzir viagens corporativas internas, além de compensar 100% de quaisquer emissões de carbono que não foi capaz de reduzir ou eliminar, financiando projetos que ajudem a cortar e anular as emissões de carbono existentes e futuras. Esses projetos de compensação incluem apoio à energia renovável, reflorestamento e proteção da biodiversidade.

Para desenvolver um programa de carbono neutro com credibilidade, a organização seguiu a estrutura do Protocolo CarbonNeutral, especialista em neutralidade de carbono e financiamento climático. Trabalhando com o avaliador de emissões independente RSK Group, uma revisão abrangente das emissões relacionadas às operações e viagens a negócios foi realizada para calcular a pegada de carbono da Sita. Em 2020, isso foi estendido para incluir mais emissões indiretas geradas de atividades, como o trabalho em casa, que era comum para os funcionários da companhia durante a pandemia.

Paralelamente, a organização está voltando sua atenção para o desenvolvimento de novas tecnologias para ajudar seus clientes e a indústria de aviação em geral a reduzir sua pegada de carbono. Este trabalho tem como foco principal agilizar operações das aeronaves e a reduzir o consumo de combustível, com uma diminuição clara e mensurável das emissões de carbono.

A recente aquisição da Safety Line pela empresa foi projetada para fortalecer o portfólio da organização para ajudar a impulsionar maiores eficiências operacionais em torno do consumo de combustível e limitar as emissões de CO2 da aeronave em estágios principais do voo.

Segundo a CEO da Sita, Barbara Dalibard, a empresa está muito satisfeita por ter alcançado o objetivo de neutralidade de carbono. "Quero agradecer aos nossos funcionários, que foram essenciais para atingir esse marco ambicioso, um ano antes do nosso prazo original. Sendo um parceiro confiável da indústria de transporte aéreo, estamos firmemente comprometidos em ajudar a aviação a reduzir suas emissões e atingir seus objetivos de redução de carbono", completou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA