França autoriza volta de cruzeiros, jogos e eventos

|

Pixabay
A França suspendeu, desde o mês passado, todas as restrições à circulação em suas fronteiras internas europeias (terrestre, aérea e marítima). Os visitantes do Reino Unido permanecem sujeitos a uma quarentena na chegada, outras 14 nacionalidades também estão liberadas e há uma lista de países ainda com restrições, como Brasil e Estados Unidos.

Com a abertura das fronteiras, também as atividades, atrações e eventos começam a retornar. Cinemas, cassinos e salas de jogos estão abertos novamente e os acampamentos de verão podem acolher jovens em todo o território, em estrita conformidade com as normas sanitárias.A Disneyland Paris foi reaberta hoje.

Desde 11 de julho os cruzeiros fluviais estão novamente autorizados; e em coordenação com os países
parceiros europeus, poderá ser decidido retomar os cruzeiros marítimos entre portos europeus para navios cuja capacidade não ultrapasse um limite estabelecido por decreto ministerial.

Os estádios e hipódromos estarão abertos ao público, com capacidade máxima de cinco mil pessoas. Como no caso das casas de show, as atividades que envolvem mais de 1,5 mil pessoas terão que ser declaradas, para que as precauções necessárias possam ser garantidas.

A capacidade máxima de cinco mil pessoas para grandes eventos, estádios e salas de espetáculos está, a princípio, em vigor até o dia 1 de setembro. Uma nova revisão da situação epidemiológica nacional será realizada em meados de julho para decidir se é possível um relaxamento para a segunda quinzena de agosto.

Disney
Disneyland Paris
Disneyland Paris
FEIRAS

A partir do dia 1º de setembro está prevista a abertura de estabelecimentos que hospedam feiras, exposições e shows; a autorização de eventos de mais de cinco mil pessoas; e em seguida, a abertura de discotecas e cruzeiros marítimos internacionais.

A diretora geral da Atour France, Caroline Leboucher, ressalta que “a França e Paris em particular são destinos privilegiados para muitos organizadores profissionais de eventos”. “O destino e seu capital também estão bem posicionados no último ranking da ICCA (respectivamente na terceira e primeira posições em termos do número de congressos sediados). O anúncio feito pelo Governo para autorizar mais uma vez a organização de feiras,
exposições e salões na região a partir do dia 1º de setembro foi recebido com satisfação pelos eventos corporativos e profissionais da feira. O anúncio deste calendário dá ao setor e a seus clientes franceses e internacionais a visibilidade necessária para retomar a atividade neste setor econômico chave.“
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA