Kissimmee focará no doméstico e espera internacional em 2021

|

Divulgação
Jodi DiSalle, vice-presidente de Markting e Comunicação do Experience Kissimmee
Jodi DiSalle, vice-presidente de Markting e Comunicação do Experience Kissimmee
Hoje (21), ao iniciar o segundo dia de seu famtour virtual, o Experience Kissimmee divulgou os resultados de uma pesquisa de intenção de viagem realizada em junho. Os resultados foram analisados pela vice-presidente de Markting e Comunicação do órgão turístico, Jodi DiSalle. "Como outras organizações, nós tínhamos grandes planos para 2020. Nós tínhamos começado uma renovação de marca, mas pausamos as propagandas para informar sobre os fechamentos, protocolos e reaberturas", afirmou Jodi.

A pesquisa realizada em junho deste ano revelou que 31% dos entrevistados pretendem planejar sua próxima viagem assim que for declarado que é seguro viajar. Para a data da viagem, 30% acreditam que viajarão nos próximos seis meses, enquanto outros 25% estão planejando viagens para entre maio e dezembro de 2021. Entre estes entrevistados que estão planejando viagens, 50% pretendem ficar em hotéis e 36% em casas alugadas. Atualmente, 85% dos turistas de Kissimmee são do próprio Estado da Flórida, das regiões de Tampa e Miami.

Inclusive, o Experience Kissimmee está apostando, no momento, no mercado doméstico, com uma campanha de marketing a ser lançada nas próxima semanas. Para Jodi, os principais motivadores para viagens serão uma vacina, queda nas infecções, promoções e visita a famíliares e amigos. O órgão turístico não espera uma volta do mercado internacional ainda este ano, somente em 2021, e citou mercados importantes como o Reino Unido, Canadá, México e Brasil. O mercado internacional, antes da pandemia, correspondia a 20% dos visitantes de Kissimmee.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA