IGLTA participa de Comissão da OMT para as Américas

|

A Associação Internacional de Turismo LGBTQIA+ (IGLTA) está participando da 67ª Reunião da Comissão Regional da OMT para as Américas, realizada em Punta Del Este, no Uruguai, de 18 a 20 de maio. A IGLTA é membro afiliado à UNWTO e única associação LGBTQIA+ a pertencer aos 500 membros do órgão que representa as Nações Unidas. Clovis Casemiro está representando a entidade e faz parte como palestrante na Discussão Política: “Acelerando a Recuperação e Construindo a Resiliência”.

Divulgação
Clovis Casemiro, coordenador de Turismo LGBTQ para o Brasil
Clovis Casemiro, coordenador de Turismo LGBTQ para o Brasil
O debate visa compartilhar as melhores políticas para acelerar a recuperação e construir resiliência para os setores de Viagens e Turismo nas Américas. Os participantes terão a oportunidade de discutir o processo em andamento de levantamento de restrições de viagens e como governos, DMOs e setor privado podem reavaliar seus mercados e trabalhar no ajuste de suas estratégias para recuperar a demanda, ajustar-se às mudanças nas necessidades dos consumidores e à transformação digital e verde do setor.

Ainda em Punta del Este, a IGLTA terá um encontro no sábado (21) com o Grupo LGBT+ de Punta (@puntadelestelgbt) para discutir ações para incrementar o Turismo LGBTQIA+ internacional na região. Esse grupo é formado por hotéis, agências de receptivo e outras empresas ligadas ao Turismo na região e que promovem a vinda dos turistas LGBT.

No dia 26, em parceria com a Accor e a Gol, será realizado um encontro no Sofitel Montevideo, com os membros da Audavi (Associação Uruguaia de Agentes de Viagens), da Câmara de Comércio LGBT+ do Uruguai e convidados do mercado uruguaio interessados nesse segmento.

"E enfrentando essa crise, a IGLTA e a Fundação IGLTA estão concentrando e ampliando seus esforços mais do que nunca para promover e divulgar as viagens LGBTQIA+; um tipo de Turismo que tem como principais pilares a resiliência e a perseverança", disse o CEO da IGLTA, John Tanzella.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA