CVC Corp contrata diretora de Governança Corporativa

|

Divulgação CVC
Leonel Andrade, CEO da CVC Corp
Leonel Andrade, CEO da CVC Corp
A CVC Corp tem reforçado em entrevistas, como as de seu CEO, Leonel Andrade, que 2020 marca a construção de uma nova empresa, com visão a longo prazo, e que os erros encontrados e divulgados oficialmente hoje são todos referentes à gestão anterior, começando pelo balanço de 2019, que atrasou meses para ser divulgado parcialmente (ainda não auditado).

Os erros em balanços passados, que inicialmente seriam de R$ 250 milhões, chegaram a R$ 364,38 milhões, depois de terminado o trabalho da auditoria externa contratada. Auditoria que constatou falhas em sistemas da CVC Corp, ocultação, inclusive para auditores externos, dos erros por parte de ex-colaboradores e possível manipulação de balanços intencionalmente.

A transparência na divulgação do que foi encontrado pela auditoria é outra forma com que a CVC Corp quer mostrar ao mercado que mudou. Andrade, em entrevistas logo após assumir, em abril, disse que a CVC Corp quer liderar a retomada do Turismo no Brasil, “fortalecendo suas parcerias estratégicas e sua multicanalidade”.

A CVC Corp afirma que tem encontrado constantes demonstrações de confiança no mercado, incluindo o recente início do processo de capitalização (já foram captados R$ 300 milhões) e a chegada de novos acionistas relevantes.

CVC Corp
Eliane Lapa, nova diretora de Governança Corporativa
Eliane Lapa, nova diretora de Governança Corporativa
NOVOS DIRETORES

A mudança de diretoria também é parte da reestruturação da CVC Corp. Na semana passada, três deles foram apresentados. Milena Vacopoulos é a nova diretora de Clientes. Túlio Maia Oliveira o novo diretor das marcas on-line. E Marcos Pinheiro ficou com Desenvolvimento de Negócios. Uma quarta diretoria foi criada e hoje seu nome apresentado.

É Eliane Lapa, nova diretora de Governança Corporativa, com reporte direto a Leonel Andrade. Com mais de 20 anos de experiência nas áreas Jurídica, de Governança Corporativa e Relações Governamentais, a executiva tem o desafio de estruturar essa nova área com as melhores práticas de governança do mercado e vai liderar os times do Jurídico,Compliance, Auditoria e Relações Governamentais.

Graduada em Direito e com especialização em Direito Tributário, ambos pela PUC-SP, Eliane Lapa também tem MBA em Advanced Boardroon Program for Women pela Saint Paul e dois Masters of Laws (LLM), em Direito do Mercado Financeiro e de Capitais e em Direito Societário (ambos pelo Insper).

Na área de TI, o diretor Marcelo Leite, há um mês na CVC Corp, agora cuida também do hub Digital e de Inovação, anteriormente com Marcelo Quintella, que deixou a empresa na semana passada.

ESTRUTURA

A CVC Corp está dividida em unidades B2B, sob o comando de Luciano Guimarães, que cuida das marcas que vendem por meio de agências de viagens; unidades B2C, que deve ser assumida por Daniela Bertoldo, ex-Santander, no lugar de Emerson Belan; as marcas on-line, dirigidas por Tulio Maia Oliveira, recém-chegado à empresa; e as unidades da Argentina.

PANDEMIA
A CVC Corp também destacou, em seu balanço não auditado, as consequências da pandemia de covid-19 este ano, incluindo R$ 96 milhões em pedidos de reembolso por cancelamento da viagem, perdas adicionais de R$ 13 milhões com o processo (valores que a empresa não consegue ter de volta), mais R$ 3 milhões em repatriação de passageiros e outros R$ 72 milhões em inadimplência de clientes devido à crise.

A CVC Corp tem ainda um montante na mão de fornecedores como pagamento antecipado, incluindo R$ 380 milhões de crédito junto a empresas aéreas. As perdas com a Avianca Brasil também estão citadas no documento (até o terceiro trimestre do ano passado o prejuízo era de R$ 95 milhões).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA