Seguros e cruzeiros serão próximos produtos na nova plataforma da CVC

|

Novo site CVC já tem mais produtos, como carro e passeios
Novo site CVC já tem mais produtos, como carro e passeios
A CVC lançou esta semana uma nova plataforma para o site a ser usado por suas lojas e também uma nova versão do Minha CVC, aplicativo que antes era usado apenas por clientes com viagens compradas e hoje por ser baixado por qualquer usuário, inclusive para realizar reservas.

Na nova plataforma foram adicionados mais produtos (antes o site da CVC era basicamente para hotel e aéreo) e novas funcionalidades. Segundo o diretor executivo de Produtos Digitais da CVC Corp, Marcelo Quintella, no cargo desde janeiro, as primeiras lojas farão a migração em setembro para a plataforma, e em 2021 a expectativa é que toda a rede esteja com a ferramenta, que estará integrada ao app e a outras novidades tecnológicas da CVC Corp.

O diretor de Negócios B2C da empresa, Emerson Belan, revelou ontem, ao Portal PANROTAS, que em 2021 também será feita a migração das agências de viagens multimarcas para a plataforma que hoje é usada pelas lojas CVC.

De acordo com Quintella, os novos produtos digitais estão sendo lançados com o conceito de mínimo necessário, para que os testes sejam feitos e a evolução se dê na prática. Do ponto de vista do portfólio oferecido, por exemplo, seguro viagem e cruzeiros serão os próximos produtos a ingressar na plataforma, que já conta com ingressos, passeios e outros adicionais ao hotel e aéreo.

CVC Corp
O diretor executivo de Produtos Digitais da CVC Corp, Marcelo Quintella
O diretor executivo de Produtos Digitais da CVC Corp, Marcelo Quintella

VEIO DA ARGENTINA

A plataforma, tanto do site quanto da ferramenta de orçamento dinâmico, foi importada da Almundo, grupo argentino comprado pela CVC no ano passado. “2020 é um ano pragmático pra CVC. A Almundo tinha uma plataforma mais moderna e flexível, que atende suas lojas e seu site, e o que levaríamos anos para fazer, acabamos fazendo em meses”, disse Quintella ao Portal PANROTAS.

O time digital comandado por ele, com cerca de 250 colaboradores, trabalha agora, além da evolução e implantação dos produtos, em frentes como data science, para levar mais inteligência à plataforma, machine learning e em customer care, para que o cliente CVC tenha mais autonomia para resolver alguns problemas on-line. “Vamos saber mais sobre o perfil do cliente e ter uma previsão comportamental, nos antecipando ao que ele deseja, sem ser intrusivo”, exemplifica o diretor.

TECNOLOGIA NA MULTICANALIDADE
“Não concordo que é só uma OTA que tem tecnologia. Os outros não têm, porque não fizeram. A aposta omnichannel reconhece a importância do contato humano e de conversar com o cliente, mas com a tecnologia tornando tudo mais eficiente. Na Argentina, já temos, por exemplo, o matchmaking. Se o cliente pede para falar com um especialista em Porto Seguro, o sistema busca e o conecta com o melhor expert no destino. Já um outro pedirá para conversar com um especialista em Nova York e será atendido por outro profissional. Estamos nos preparando para dar ao cliente o atendimento que ele quiser”, analisa.

Marcelo Quintella diz que um dos próximos passos de seu time na CVC Corp será criar produtos e soluções para a área B2B do grupo, com a qual ainda não teve muito contato. O B2B2C da CVC Corp, portanto, também terá novidades em tecnologia.

Site da Almundo, cuja tecnologia foi importada pela CVC Corp
Site da Almundo, cuja tecnologia foi importada pela CVC Corp



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA