Fábio Camargo deixa a Delta Air Lines no País; veja como fica estrutura

|

Emerson Souza
Fábio Camargo
Fábio Camargo
Três anos e meio depois de ingressar na empresa americana, Fábio Camargo anunciou ao time da Delta Air Lines no Brasil que está deixando a companhia, em uma decisão de comum acordo. Segundo apurou o Portal PANROTAS, ainda não há uma data definida para a saída, mas ela deve ocorrer no começo de 2021. Antes da Delta, Camargo trabalhou por mais de cinco anos na Latam Airlines Brasil, totalizando mais de oito anos de aviação.

A Delta Air Lines deve comunicar a saída oficialmente nas próximas horas (confira o comunicado no final deste texto) e ainda os planos para a operação no Brasil, hoje com quatro voos semanais entre São Paulo e Atlanta (o voo São Paulo-Atlanta será diário a partir de 17 de dezembro).

A empresa está sem trabalho em escritório físico no Brasil no momento, adotando o sistema de home office e as reuniões virtuais com os clientes, seguindo as restrições e cuidados impostos pela pandemia. Uma das possibilidades estudadas para a volta aos escritórios é um espaço na capital paulista mais próximo da Latam Airlines, nova parceira estratégica da Delta na América Latina.

Jhonatan Soares
Luciano Macagno
Luciano Macagno
Emerson Souza
Rodrigo Sienra
Rodrigo Sienra

LUCIANO MACAGNO

Em sua reestruturação na América Latina, a Delta Air Lines estaria eliminando o cargo de country manager nos países da região onde opera, concentrando toda a coordenação em Luciano Macagno, ex-diretor Brasil e hoje baseado em Miami como diretor para a América Latina. Macagno conhece bem a região, já tendo trabalhado no Brasil, Chile e na Argentina, e há alguns anos comanda a América Latina diretamente de Miami, em uma estrutura considerada vencedora e bastante ágil. Macagno, antes da Delta, trabalhou na Latam Airlines.

Cada país terá um gerente de Vendas que se reportará diretamente a Macagno. No Brasil, esse gerente geral de Vendas é Rodrigo Sienra, que hoje integra a equipe de Camargo e passará a se reportar a Luciano Macagno diretamente, absorvendo algumas das funções que antes estavam com Fábio.

A empresa deve anunciar também no comunicado a nova estrutura para atendimento aos canais e segmentos de viagens no Brasil.

NOTA OFICIAL
No final da noite desta quarta-feira, dia 2 de dezembro, a Delta Air Lines, enviou o comunicado oficializando a mudança adiantada pelo Portal PANROTAS. Confira abaixo a nota oficial da Delta:

“A Delta Air Lines anunciou que Fabio Camargo, diretor para o Brasil, partirá da empresa nas próximas semanas. Rodrigo Sienra, gerente geral de vendas da Delta no Brasil, está assumindo a liderança dos esforços comerciais da Delta neste importante mercado. Ele se reportará a Luciano Macagno, diretor executivo - América Latina, Caribe e Sul da Flórida da Delta Air Lines.

“Agradecemos ao Fabio por sua dedicação, paixão e contribuição ao longo de seus mais de três anos liderando a equipe Delta no Brasil”, disse Macagno. “Fabio ajudou a Delta a fortalecer sua posição de liderança na maior economia da América do Sul, incluindo durante a pandemia de covid-19, e ele deixou uma equipe forte que continuará a restaurar e expandir os negócios e as relações com nossos parceiros. Desejamos a Fabio muita sorte em seus empreendimentos futuros”.

Entre outras responsabilidades, Rodrigo Sienra supervisionará os relacionamentos já fortes da Delta com a comunidade do trade de viagens. Ele ingressou na Delta em setembro de 2014 e, em março de 2018, foi nomeado gerente geral de Vendas. Ele é graduado em marketing (ESPM), possui certificados de especialista em economia (PUC-SP) e inteligência de mercado (FIA) e possui MBAs pela Emlyon Business School e FIA.

“Rodrigo conhece a Delta e o negócio muito bem e tem feito um excelente trabalho de apoio à retomada dos serviços da companhia entre Atlanta e São Paulo. Estamos entusiasmados em recebê-lo nesta função importante, já que a Delta continua a restabelecer o serviço entre os EUA e o Brasil”, disse Macagno.

Depois de interromper o serviço para o Brasil devido à pandemia da covid-19, a Delta retomou em agosto o serviço entre o Aeroporto Internacional Hartsfield Jackson (ATL) de Atlanta, nos EUA, e o Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU). Os voos entre Atlanta e São Paulo vão operar diariamente a partir de 17 de dezembro de 2020. Os serviços nas rotas entre Nova York-JFK e São Paulo e Atlanta e Rio de Janeiro estão programados para retomada no primeiro trimestre de 2021.

A programação de voos da Delta continua sujeita a alterações devido à natureza em evolução da COVID-19, à demanda dos clientes e às regulamentações de viagens dos governos. Para obter mais informações sobre a resposta da Delta à COVID-19, visite o delta.com.”

Atualizado às 20h45 com o posicionamento oficial da Delta.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA