Câmara LGBT lança primeiro programa voltado a fornecedores LGBT+

|

A Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil lançou hoje (25) o Programa Fornecedores Diversos, embasado em programas internacionais já implantados por Câmaras LGBTs de outros países com as quais a entidade tem acordo de cooperação. Com inscrições gratuitas, o Programa Fornecedores Diversos tem como missão promover a diversidade na cadeia de suprimentos por meio de uma política afirmativa de fomento para micro, pequenas e médias empresas com capital societário LGBT+ acima de 51%.
Divulgação
O programa da Câmara LGBT segue o modelo da entidade norte-americana National LGBT Chamber of Commerce (NGLCC), que conta com uma divisão internacional responsável por capacitar e incentivar as afiliadas globais a desenvolverem seus próprios programas de registro e certificação de negócios LGBT, com base no modelo comprovado e seguindo padrões e procedimentos já estabelecidos e aprovados.

O objetivo é que com o Programa Fornecedores Diversos, as empresas credenciadas com capital societário LGBTI+ tenham acesso a contatos com representantes corporativos e profissionais para começar a construir relacionamentos estratégicos, além de terem acesso a novos negócios, mercados e oportunidades de parceria.

Ao entrar no site do Programa Fornecedores Diversos, a empresa que possuir a maioria de suas quotas societárias com pessoas LGBTI+ vai preencher gratuitamente um cadastro para a emissão do documento de credenciamento. Após a análise de documentos, o empreendimento estará legitimado a participar de projetos e programas destinados a fornecedores LGBTI+ e estará disponível no banco de dados para que as corporações tenham acesso a este fornecedor. Esse documento emitido pela Câmara LGBT é que legitima as empresas para que sejam aceitas pelas corporações como empresas LGBT.

As empresas com participação societária com mais de 51% em nome de sócios LGBTI+ podem se cadastrar gratuitamente no link. As grandes corporações que desejam acessar o cadastro devem entrar em contato pelo site.

Para o diretor de Qualificação e Certificação da Câmara LGBT, Pedro Melo, a iniciativa vai ao encontro da necessidade de contribuir para que o empresário LGBTI+ tenha acesso às oportunidades de negócios que sozinho dificilmente teria.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA