INVESTIMENTOS

Anantara adia de novo seu projeto de hotel de luxo na Bahia


Divulgação/Minor Hotels
Área em que o Anantara abrirá seu resort, na Bahia, mas que desistiu de apontar uma data
Área em que o Anantara abrirá seu resort, na Bahia, mas que desistiu de apontar uma data
CANNES (França) - Projeto importante para o mercado de luxo brasileiro, o Anantara Maraú Bahia Resort, que chegou a ter inauguração prevista para 2018 e depois 2019, não foi citado entre as aberturas anunciadas este mês na ILTM Cannes pela marca de luxo, parte do gigante grupo asiático baseado em Bangcoc Minor Hotels (que também administra a bandeira Tivoli).

Na Península de Maraú, o Anantara seria o primeiro hotel da marca tailandesa no Brasil, que já está presente no País nos spas do Tivoli Mofarrej, em São Paulo, e do Tivoli Ecoresort Praia do Forte, na Bahia. O Anantara Maraú ocuparia as instalações do Kiaroa Eco-Luxury Resort, reformadas e ampliadas (originalmente eram 30 villas). A rede asiática reúne hoje 530 hotéis em 53 países e está em expansão para a Europa e as Américas.

“Não desistimos do projeto de ter um resort Anantara na Bahia. Mas realmente a reforma da propriedade está demorando muito mais do que esperávamos. No momento, não temos nenhuma data prevista para a abertura”, disse em Cannes à PANROTAS a vice-presidente de Relações Públicas e Comunicações da Minor Hotels, Marion Walsh Hédouin.

Anantara tem hoje 41 hotéis. O 42º (e terceiro na Europa) será o The Marker Dublin, na Irlanda, que reabre como Anantara no segundo semestre. Recentemente, foram abertos o aguardado Tezour Resort, no Deserto do Sahara, na Tunísia, na região que aparece no Star Wars original como o planeta Tatooine, a 1h15m de voo da capital, Túnis, e o Anantara Desaru Coast, na Malásia, a duas horas de carro do Aeroporto de Singapura.

Carla Lencastre, especial para o Portal PANROTAS

A PANROTAS é media partner da ILTM e viajou com proteção GTA.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA