Agência investe em pacotes de viagens 'às cegas'; entenda | Agências de viagens | PANROTAS
AGÊNCIAS DE VIAGENS

Agência investe em pacotes de viagens 'às cegas'; entenda

Divulgação/ Thays Bittar
CEO da Instaviagem, Caio Martins
CEO da Instaviagem, Caio Martins
A busca por experiências é cada vez mais um desejo dos turistas e, de olho nesta realidade, três empreendedores criaram uma agência on-line de “viagens às cegas”. A startup Instaviagem nasceu há três anos, fruto de um projeto do advogado Caio Martins com os engenheiros David Andrade e Marcos Arata que, curiosamente, estavam fora do Turismo, mas observaram novas oportunidades no setor.

A empresa oferece pacotes personalizáveis, mas a diferença é que o viajante conhece o roteiro em até 48 horas antes do embarque. Para gerar curiosidade, a Instaviagem libera dicas do destino por meio de imagens e quebra-cabeças em área exclusiva do site após a compra.

“O cliente monta o pacote de acordo com o seu orçamento. É possível até mesmo de viajar com o próprio carro e oferecemos outros serviços, incluindo passeios e a hospedagem, que pode ser, inclusive, direcionada a uma categoria específica como hostel ou resort, por exemplo. Além disso, dá para informar os motivos de viagem, que geralmente são lua de mel e férias”, explica o CEO e um dos fundadores da Instaviagem, Caio Martins, ao Portal PANROTAS.

A agência on-line, que também oferece opções de pacotes convencionais, já realizou mais de mil viagens e possui acima de 100 destinos no catálogo. Hoje são vendidos apenas pacotes nacionais, mas a startup acaba de receber um aporte de R$ 400 mil dos investidores do grupo GV Angels.

O valor será direcionado ao desenvolvimento em três partes: aumento do portfólio de produtos, distribuição dos serviços da Instaviagem para outras agências e inclusão de roteiros internacionais.

“Me formei em Direito pela USP e ganhei uma bolsa para estudar na Itália sobre empreendedorismo e inovação. Percebi que gostava muito de viajar e juntei isso ao meu outro amor, que é empreender. Nunca pensei como funciona o Turismo, mas sim como deveria funcionar”, justifica.

A startup, inclusive, foi assunto no Fórum PANROTAS de 2016, realizado em São Paulo, ganhando reconhecimento como uma das dez mais inovadoras do segmento.

O executivo responde pelo e-mail: caio@instaviagem.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA