Assist Card celebra 50 anos e vendas acima do pré-pandemia

|

PANROTAS / Emerson Souza
Alexandre Camargo, country manager no Brasil, e Carlos Stefani, CEO global da Assist Card
Alexandre Camargo, country manager no Brasil, e Carlos Stefani, CEO global da Assist Card
Fundada em 1972 na Suíça, a empresa de seguro viagem Assist Card, pertencente ao Grupo Starr Companies, celebrou seus 50 anos (49 no Brasil) com um evento no Palácio Tangará, em São Paulo, com a presença de colaboradores, clientes, parceiros e os líderes Alexandre Camargo, country manager Brasil, Fernando Padrón, COO, e Carlos Stefani, novo CEO da empresa desde 2020.

Com a retomada das viagens domésticas e reabertura das fronteiras internacionais, e mesmo com a quantidade de assentos dos voos para o Exterior ainda na metade do nível pré-pandemia, a Assist Card já está com faturamento maior que em 2019. “Estamos embarcando menos passageiros internacionais, pois os voos ainda não voltaram completamente, mas em vendas estamos com números maiores que em 2019”, disse Stefani ao Portal PANROTAS.

Mas não porque os seguros aumentaram, e sim porque os passageiros estão optando por produtos com mais cobertura, mais benefícios e de categorias superiores.

“A pandemia mostrou de uma vez aos viajantes, internacionais e domésticos, que viajar com o seguro viagem é fundamental. E os passageiros, com nossa orientação aos agentes de viagens, estão buscando produtos com coberturas mais robustas, que não os façam terem que pegar diferença no atendimento. Ou compram pacotes extras de serviços, como para o caso de extensão da viagem por conta da covid. Com isso o tíquete médio aumentou”, explicou Stefani. Segundo ele, o atendimento médico para covid-19 está incluso no plano normal da Assist Card, mas esses extras, como a hospedagem por conta do teste positivo, estão em pacotes extras, que têm feito sucesso.

Durante a pandemia, a empresa começou a vender no Brasil o plano de cobertura de US$ 1 milhão, recomendado para viagens aos Estados Unidos, onde o serviço médico é dos mais altos do planeta. E também investiu em mais tecnologia, mais atendimento remoto, mais apoio aos agentes de viagens.

Segundo o CEO, mais novidades em tecnologia, para facilitar e agilizar o atendimento ao cliente e o gerenciamento pelas agências de viagens estão a caminho ainda para este ano.

BRASIL
O mercado brasileiro é o segundo para a Assist Card, atrás apenas da Argentina e estratégico para o posicionamento na América Latina. As vendas, segundo Alexandre Camargo, estão 65% maiores que no pré-pandemia, o dobro da média de crescimento do mercado.

“O desafio agora é recuperar os voos da indústrias e manter na mente dos clientes que viajar com o seguro continua sendo fundamental, pois imprevistos ocorrem a qualquer momento e qualquer lugar, e é preciso ter estrutura e apoio para ser atendido nos lugares mais remotos ou paradisíacos”, explicou Carlos Stefani, que agradeceu a parceria dos brasileiros com a Assist Card. Segundo ele, a empresa é líder na venda de seguro viagem no mercado brasileiro. Alexandre Camargo finalizou a noite fazendo um brinde com os presentes e agradecendo a sua equipe no Brasil.

A Assist Card conta atualmente com 74 postos de atendimento interligados com tecnologia de ponta, garantindo disponibilidade de serviço ininterrupto 24 horas por dia, 7 dias por semana e em 16 idiomas. Possui uma ampla rede de prestadores em todo o mundo e tem capacidade de fornecer soluções e respostas imediatas em mais de 190 países, para resolver desde uma simples consulta médica até as mais complexas eventualidades, como transferência médica, localização de bagagem, reserva de voos, entre outros serviços.

Saiba mais em www.assistcard.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA