CRUZEIROS

Setur-BA inicia pesquisa com viajantes de cruzeiros


Daniel Meira
Pesquisa fará um raio-X do perfil dos viajantes
Pesquisa fará um raio-X do perfil dos viajantes
Técnicos da Secretaria de Turismo da Bahia iniciaram uma pesquisa com viajantes de cruzeiros, que desembarcam em Salvador. O objetivo é obter o perfil dos visitantes e a opinião deles sobre os serviços e equipamentos turísticos oferecidos. Eles entrevistaram turistas que chegaram por navios como Viking Sun e Aidaaura. A pesquisa prosseguirá até o final da temporada de cruzeiros em abril.

As entrevistas são realizadas por meio de formulários no local de embarque do Terminal Marítimo de Passageiros e no Cais do Porto. A meta é entrevistar 200 pessoas, com a coleta de dados nos dias de atracação de navios, no momento em que os visitantes retornam de seus passeios para o embarque. O trabalho é feito por seis pesquisadores da Diretoria de Planejamento Turístico (DPT) da Setur.

“As informações obtidas com a pesquisa têm como propósito subsidiar o planejamento estratégico do turismo do Estado e direcionar os investimentos governamentais no setor, além de apoiar na definição de políticas públicas e na atração de novos investimentos”, explica a diretora de Planejamento Turístico, Giulliana Brito.

O navio que abriu a temporada de cruzeiros 2019-2020 foi o World Explorer, em 17 de outubro, mas é a partir de agora que as chegadas serão mais constantes, começando com o World Odyssey, navio com capacidade para 600 passageiros, que chegou domingo (10). Nesta segunda (11), foi a vez do Viking Sun, com capacidade para 930 passageiros, e o Aidaaura, que comporta até 1.266 passageiros.

No desembarque, os turistas tiveram um receptivo promovido pela Setur, com baiana tipicamente vestida distribuindo fitinhas do Bonfim e uma apresentação de grupo de capoeira. Os pesquisadores Corina Gabriela Cingolani e William Walter Pickett foram responsáveis pelas entrevistas nessa etapa. Eles conversaram principalmente com alemães e também canadenses, americanos e suíços.

Na maioria, os entrevistados visitavam Salvador pela primeira vez e eram aposentados, com média de idade de 62 anos. Entre as 27 perguntas do formulário estão dados como idade, grau de instrução e ocupação principal, além de questões sobre utilização ou não de serviços de agências, motivo principal da viagem e fatos que influenciaram na decisão de viajar. O entrevistado é perguntado ainda se pretende retornar a Salvador e se recomendaria a cidade como destino turístico.

NÚMEROS
Na temporada 2018-2019, a Pesquisa de Caracterização do Turismo Receptivo em Cruzeiros Marítimos, realizada pela Setur no Porto de Salvador, apontou fluxo de passageiros em trânsito de 142.531 pessoas, com receita estimada em mais de R$ 32 milhões. Foram, de acordo com a Companhia de Docas do Estado da Bahia (Codeba), 48 atracações de navios, com capacidade total de 159.095 passageiros.

Para 2019-2020 estão previstas 63 atracações, com capacidade total de 176.301 passageiros. O próximo navio de cruzeiro a chegar a Salvador é o MSC Fantasia, nesta sexta-feira (15), com capacidade para 3.952 passageiros. A temporada vai até 18 de abril, quando chega o Costa Fascinosa, que comporta até 2.547 passageiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA