MSC interrompe operação de cruzeiros no mundo

|

Filip Calixto
A MSC Cruzeiros tomou a decisão de interromper, temporariamente, novos cruzeiros em todo o mundo até 30 de abril
A MSC Cruzeiros tomou a decisão de interromper, temporariamente, novos cruzeiros em todo o mundo até 30 de abril
Segmento altamente afetado pela expansão do novo coronavírus pelo mundo, os cruzeiros vivem uma situação atípica com boa parte das armadoras com operações interrompidas. Nesse sentido, a MSC Cruzeiros veio a público revelar como trata a questão. Segundo a companhia, desde o dia 24 de janeiro, ela tem implementado medidas preventivas em terra e a bordo, a fim de garantir embarques e cruzeiros seguros para todos os hóspedes.

No comunicado, a empresa esclarece que o cruzeiro que partiu dia 16 de março, será o último durante a temporada brasileira 2019/2020 e, depois disso, a MSC Cruzeiros tomou a decisão de interromper, temporariamente, novos cruzeiros em todo o mundo até 30 de abril.

"A Grand Voyage do MSC Seaview, prevista para iniciar no dia 19 de março, e a do MSC Poesia, prevista para iniciar dia 29 de março, foram canceladas. O cruzeiro de 7 noites do MSC Poesia, com embarque no dia 22 de março, também foi cancelado", revela.

Segundo informa a armadora, à medida que a atual situação de saúde global continua a evoluir, vai trabalhar na atualização de sua política de cancelamento para ajudar os seus clientes a se planejar, oferecendo opções flexíveis àqueles que tiveram que mudar seus planos de férias.

"Os hóspedes que foram impedidos de viajar devido a cancelamentos de cruzeiros realizados pela MSC Cruzeiros irão receber um voucher que poderá ser utilizado em um futuro cruzeiro, durante 2020 e 2021, no valor total do pacote pago originalmente. Além disso, esses clientes também terão um crédito a bordo por cabine para ser utilizado em um próximo cruzeiro", diz a nota.

"Os passageiros que possuem reservas em maio e junho de 2020 e que desejam mudar a data de embarque, poderão alterar o seu cruzeiro para alguma data em até 12 meses da data original do embarque e na mesma região geográfica, sem pagar taxa alguma. A alteração deve ser feita em até 48 horas antes do embarque para os passageiros que compraram apenas o cruzeiro, e em até 96 horas para os que adquiriram o pacote completo ou o pacote Fly & Cruise".

A MSC Cruzeiros ainda explica que está com condições mais flexíveis para novas reservas individuais e de grupos. Para os passageiros que tiverem reservas confirmadas até 31 de maio, para cruzeiros até 30 de novembro, está disponível a possibilidade de cancelamento com taxa reduzida de R$ 150,00 (somente parte marítima), até 22 dias antes do embarque.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA