Princess Cruises reduzirá operação na América do Sul em 2021

|


Divulgação
Navio Pacific Princess viria à América do Sul no próximo verão, mas pandemia de covid-19 obrigou a companhia a mudar os planos
Navio Pacific Princess viria à América do Sul no próximo verão, mas pandemia de covid-19 obrigou a companhia a mudar os planos
A Princess Cruises desistiu de enviar um de seus navios, o Pacific Princess, à América do Sul. A companhia de luxo atribui a decisão às limitações em fronteiras e acesso aos portos por parte dos governos, além de incertezas a respeito de como estará o transporte aéreo no período. Por ora, o Coral Princess ainda está confirmado no continente, com saídas em 4 e 18 de fevereiro e em 4 de março do ano que vem. O Pacific Princess faria viagens na Austrália e na América do Sul no verão do hemisfério Sul.

Outro navio que também teve os planos interrompidos foi o Island Princess, que faria a navegação de volta ao mundo em 2021.

As alternativas aos viajantes impactados são utilizar os créditos futuros de cruzeiros para viagens a partir de 1º de maio de 2022 ou pedir reembolso total de suas reservas por meio de um formulário eletrônico. Esses clientes têm até 30 de setembro para decidir.

A Princess garante que, independentemente da escolha dos viajantes, manterá o comissionamento dos agentes de viagens.

A Discover Cruises representa a Princess no Brasil.

ERRATA
*Nota atualizada às 15h50. Em primeiro momento a reportagem apontava que a Princess Cruises desistiria em definitivo da América do Sul, o que não é o caso, já que o Coral Princess ainda está confirmado.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA