Carnival Corp reduz frota após prejuízo bilionário no 3T20

|

Divulgação
A Carnival Corporation está reduzindo ainda mais sua frota após anunciar que espera registrar um prejuízo de quase US$ 3 bilhões no terceiro trimestre de 2020. Isso se traduzirá em um prejuízo ajustado de US$ 1,7 bilhão, e a empresa planeja levantar US$ 1 bilhão por meio de uma oferta de ações. Em mais uma ação do grupo na tentativa de se manter vivo, outros três navios serão vendidos. As informações são do portal Travel Mole.

Com os três navios a serem vendidos, a Carnival totaliza uma redução de 18 embarcações desde o início da pandemia com a intenção de se tornar uma "empresa mais enxuta e eficiente". Oito dos 15 equipamentos previamente anunciados como vendidos ou sucateados já deixaram a frota. Não foi dito quais três navios adicionais seriam vendidos.

"Estamos acelerando a saída dos 18 navios menos eficientes de nossa frota. Isso gerará uma redução de 12% na capacidade e uma base de custo estruturalmente mais baixa, enquanto retém os ativos mais geradores de caixa em nosso portfólio", afirmou o CEO da Carnival, Arnold Donald. A companhia está confiante no sucesso de uma retomada gradual dos negócios, com o recente retorno da Costa Cruzeiros na Europa e a Aida Cruises em breve.

"Os cruzeiros iniciais continuarão a ocorrer com capacidade de passageiros ajustada e protocolos de saúde aprimorados desenvolvidos com autoridades governamentais e de saúde, e orientação de nossa lista de especialistas médicos e científicos", relata o documento enviado pela Carnival à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA