Anvisa deve oficializar esta semana protocolos para cruzeiros no Brasil

|


Divulgação/Hayla Leite
Pier Mauá, no Rio
Pier Mauá, no Rio
A temporada de cruzeiros marítimos no Brasil, já autorizada pelo governo federal, já tem uma prévia dos protocolos que deverão ser seguidos, com a vacinação obrigatória de todos os passageiros (exceto as crianças) e tripulantes sendo o centro das novas regras. A Anvisa, responsável pela aprovação e determinação dos protocolos, deverá bater o martelo na próxima quarta-feira, 27 de outubro.

Também ainda não há definição sobre a portaria que aprovaria os cruzeiros para Uruguai e Argentina nesta temporada. Mas ela deve sair nos próximos dias, juntamente com as novas regras para as fronteiras terrestres.

Os protocolos da Anvisa para cruzeiros marítimos no Brasil devem incluir:

1 – todos os passageiros deverão apresentar certificado de vacinação completo (ou seja 14 dias depois da segunda dose ou da dose única);
2 – todos os passageiros, inclusive crianças, deverão apresentar teste PCR feito até 72 horas antes do embarque ou antígeno feito 24 horas antes;
3 – poderá haver testagem aleatória nos terminais;
4 – todos devem preencher a Declaração de Saúde do Viajante da Anvisa (que pode ser feita de forma digital);
5 – haverá testes adicionais nos navios (ainda não se definiu a frequência ou amostra);
6 – a capacidade dos navios será reduzida (ainda não se sabe qual será a redução);
7 – uso de máscara obrigatório em alguns ambientes;
8 – programa de atendimento e isolamento de passageiros positivos, com desembarque depois do atendimento;
9 – higienização rigorosa dos ambientes.



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA