DESTINOS

Ásia-Pacífico já recebe um quarto dos turistas no mundo


Pixabay
China lidera economia de Ásia-Pacífico
China lidera economia de Ásia-Pacífico

A região Ásia-Pacífico é a que mais cresce em número de turistas globalmente. O Relatório de Tendências do Turismo Asiático, divulgado hoje durante o Fórum de Economia Global do Turismo em Macau, na China, apontou que a região teve 323 milhões de chegadas internacionais em 2017, alta de 6% contra o ano anterior e acima da média de crescimento mundial, que foi de 4%.

O número coloca a região ainda em destaque globalmente: representou cerca de um quarto de todas as viagens internacionais realizadas em 2017 (24,4% dos 1,3 bilhão), além de ficar atrás apenas da Europa em quantidade de visitantes.

A receita também subiu consideravelmente mais que o restante do mundo. Se em 2000, o faturamento da região correspondia a 17% do total mundial em viagens, no ano passado essa porcentagem subiu para 37,6% do total. Foram US$ 502 bilhões gastos na Ásia-Pacífico por turistas estrangeiros, enquanto no mundo inteiro esse número foi de US$ 1,33 trilhão.

EMISSOR

A Ásia e o Pacífico também desempenharam um papel vital como um mercado de origem, alimentando o crescimento em destinos regionais e de longa distância. A região emitiu cerca de 335 milhões de viajantes internacionais.

Cerca de 80% das visitas se concentraram em destinos da Ásia; e das viagens para fora da região, 56% foram para Europa.


CHINA-EUROPA

O relatório trouxe também dados do Turismo entre o país e a Europa, tanto de chegadas quanto de emissão.

Ele constata que 5,7 milhões de turistas chineses viajaram para a Europa em 2016, dos quais 3,5 milhões foram para a União Europeia. No lado oposto, 5,5 milhões de europeus viajaram para a China no mesmo ano, sendo 3,1 milhões deles provenientes do maior grupo europeu.



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA