Broadway suspende todos os espetáculos por 30 dias

|


Flickr/ Broadway Tour
A medida visa garantir a saúde e o bem-estar dos espectadores e profissionais do teatro
A medida visa garantir a saúde e o bem-estar dos espectadores e profissionais do teatro
Devido à atual situação do coronavírus, a Broadway, em Nova York, suspendeu imediatamente todos os espetáculos até o dia 12 de abril. O anúncio foi feito minutos após o governador Andrew Cuomo pronunciar que os teatros da Broadway poderiam operar apenas com 50% da sua capacidade de público. Dias antes, um integrante de dois grupos de teatro de Nova York, que recentemente trabalhou na Broadway, foi testado positivamente para o coronavírus.

"A nossa prioridade agora é preservar a saúde e o bem-estar do milhões de espectadores e profissionais que trabalham na indústria do teatro diariamente, incluindo atores, músicos, assistentes e muitos outros colaboradores", afirmou a presidente da Broadway League, Charlotte St. Martin.

Além da Broadway, o Carnegie Hall suspenderá os espetáculos até 31 de março e o Metropolitan Opera e o Museum of Art de Nova York fecharão por tempo indeterminado. Outros teatros e instituições também estão suspendendo as operações em locais como São Francisco, Califórnia e Seattle, nos Estados Unidos, além da Itália e Alemanha.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA