Foz do Iguaçu reabre Turismo e aplicará testes de covid-19

|

Pixabay
Atrações voltam a ser abertas esta semana
Atrações voltam a ser abertas esta semana
Na próxima quarta-feira (10) a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, vai reabrir seus atrativos turísticos. Paralelamente ao retorno das atividades e ainda demonstrando atenção com os efeitos da pandemia do coronavírus, as atrações do destino se comprometem a testar todos os casos sintomáticos de visitantes que apresentaram quadro de febre, gripe, resfriado ou algum sintoma respiratório nos últimos 14 dias.

A reabertura inclui também os hotéis e resorts de turismo de lazer. Para identificar e testar os casos sintomáticos, serão montadas barreiras sanitárias nos atrativos turísticos e nos hotéis e resorts de maior porte. Nesse movimento será exigido o cumprimento dos protocolos de segurança sanitária instituídos pelo Decreto Municipal nº 28.124, de 8 de maio, que estabeleceu as normas de funcionamento.

Os empreendimentos também devem assinar um termo de responsabilidade no qual se comprometem a respeitar os protocolos de segurança sanitária e colaborar com a Secretaria Municipal da Saúde na busca ativa de colaboradores e clientes com sintomas compatíveis com a covid-19.

Antes do ingresso nos atrativos, o visitante deverá responder, na barreira sanitária, um questionário sobre sintomas respiratórios ou apresentar autoavaliação realizada por meio de um aplicativo, o CovidPR, disponível nas plataformas Android e IOS, e que estará conectado com a central do Plantão Coronavírus.

O uso de máscaras é obrigatório para colaboradores e visitantes, assim como a higienização das mãos e o distanciamento social, dentre uma série de medidas protetivas. Turistas que testarem positivo serão colocados em isolamento social por 14 dias e deverão arcar com os custos de hospedagem.

Inicialmente, a expectativa é atender a comunidade local e o público regional.

CASOS EM FOZ
Até ontem (7), Foz do Iguaçu contabilizava 163 casos confirmados, a maioria importados, e três mortes. Índice de ocupação dos leitos de UTI gira em torno de 10 a 15%.

"População colaborou. Fizemos a nossa lição de casa e agora estamos prontos para a retomada do Turismo”, afirma o prefeito Chico Brasileiro.

PLANEJAMENTO
Desde o dia 18 de março, as atividades turísticas estão suspensas na cidade em função da pandemia. Comércio e serviços não essenciais já voltaram a funcionar no dia 22 de abril. De lá para cá, o Turismo, com ações conjuntas, vem se preparando para a retomada.

Hotéis executivos, pousadas e hostels voltaram a funcionar no dia 11 de maio. Atrativos, hotéis e resorts de lazer reabrem dia 10 de junho. Já os eventos de pequeno porte têm previsão de recomeçar no dia 28 de julho, e os de grande porte, em 3 de setembro. Fronteiras do Brasil com Argentina e Paraguai permanecem fechadas por tempo indeterminado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA