Califórnia garante orçamento de US$ 65 mi para marketing da retomada

|


Renato Machado
Caroline Beteta, do Visit California
Caroline Beteta, do Visit California
O Visit California teve aprovado orçamento de US$ 65,3 milhões (mais de R$ 350 milhões) para ser utilizado em ações de marketing até 30 de junho de 2021, visando a retomada das viagens ao Estado. A Califórnia prevê que até o final do ano o foco serão os próprios californianos – e essa será a primeira vez que o órgão de promoção terá uma campanha para o público local desde os atentados de 11 de setembro de 2001. Depois virão os Estados vizinhos e o público nacional já em meados do próximo ano, com a campanha “Todos os sonhos são bem-vindos na Califórnia”.

A volta dos visitantes internacionais ainda é uma incógnita e não há uma previsão de data no gráfico divulgado pelo Visit California. O bureau, no entanto, manterá, com budget de US$ 200 mil, os escritórios do México, Canadá e Reino Unido, para que o destino se mantenha competitivo e esteja pronto quando as viagens internacionais forem retomadas.

O budget de marketing é menor que o do ano fiscal anterior, mas segundo a CEO do Visit California, Caroline Beteta, reflete projeções conservadoras de receita durante a pandemia. O plano de gastos inclui US$ 22 milhões para estender o posicionamento da marca globalmente e US$ 10,9 milhões para a primeira campanha para californianos desde 2001. A CEO do Visit California também disse, em carta ao mercado, que espera que o Legislativo aprove um pacote de incentivos para o Turismo no Estado.

Além do internacional, as incertezas abrangem a volta dos parques temáticos e os grandes eventos, dos quais muitos destinos da Califórnia dependem.

“Concordo com o comissário Brian King, que disse na semana passada: não seremos vítimas e sim vitoriosos”, finalizou Caroline.
Mapa da recuperação do Turismo da Califórnia
Mapa da recuperação do Turismo da Califórnia



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA