França avalia liberação a americanos vacinados na alta de verão

|


Divulgação Emmanuel Macron
Emmanuel Macron
Emmanuel Macron

A França espera derrubar o veto a viajantes dos Estados Unidos a partir do próximo mês, disse o presidente do país, Emmanuel Macron, à CBS News. A condição é de que esses estrangeiros comprovem vacinação contra a covid-19.

"Começaremos a liberar as restrições no começo de maio", afirmou Macron à rede norte-americana. O presidente ainda garantiu estar trabalhando para desenvolver uma maneira de dar mais liberdade no próximo verão do hemisfério norte a franceses, europeus e norte-americanos.

"Em princípio abriremos para cidadãos dos Estados Unidos que estejam vacinados, com um 'passe especial'", afirmou Macron, sugerindo que será utilizado o tão falando certificado de vacinação ou passaporte de imunidade como documento obrigatório para entrada na França.

O presidente francês revelou diálogo com o governo norte-americano sobre potenciais planos de amenizar as restrições entre os países, mas ainda são conversas em estágios iniciais.

Vale lembrar que, na semana passada, a França vetou os voos entre o país europeu e o Brasil.


*Fonte: CBS News

conteúdo original: https://cbsn.ws/3egQwMW
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA