Irlanda pode reabrir fronteiras só no final do ano

|

Pixabay
Irlanda não deve reabrir para turistas internacionais tão cedo
Irlanda não deve reabrir para turistas internacionais tão cedo
A Irlanda anunciou esta semana que está começando a retirar algumas de suas restrições de bloqueio que estavam em vigor há mais de um ano por causa da pandemia do coronavírus. A maior parte da flexibilização é interna e o primeiro-ministro irlandês, Michael Martin, disse que espera que a aviação e o Turismo voltem, mas não antes do verão, de acordo com os portais Sky News e Travel Pulse.

Um comunicado do escritório de Martin disse que "atividades de alto risco" como o Turismo serão consideradas no final de junho para voltar no final do ano. O vice-primeiro-ministro Leo Varadkar acrescentou: “Podemos precisar considerar a possibilidade de viajar entre o Reino Unido e a Irlanda primeiro, antes de nos abrirmos para viagens internacionais mais amplas”.

Por enquanto, as flexibilizações na Irlanda englobam museus, bibliotecas, galerias, salões de beleza, deslocamento entre municípios, aumento no número de pessoas que podem se reunir ao ar livre para fins sociais em três famílias ou seis pessoas, e encontro em ambientes fechados por pessoas totalmente vacinadas.

As lojas de varejo podem abrir no dia 17 de maio. Hotéis, pousadas, self-catering e hostels podem ser abertos novamente no dia 2 de junho. Os restaurantes e bares podem abrir do lado de fora em grupos de até seis clientes no dia 7 de junho.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA