IPW Las Vegas começa com urgência e esperança de reabertura de fronteiras

|


PANROTAS / Artur Luiz Andrade
Novo pavilhão do Centro de Convenções de Las Vegas recebe o IPW 2021
Novo pavilhão do Centro de Convenções de Las Vegas recebe o IPW 2021
LAS VEGAS – Apesar de os Estados Unidos ainda estarem com fronteiras fechadas para alguns dos principais mercados turísticos no mundo, como Europa, Brasil e países da Ásia, a realização do IPW 2021, principal feira de Turismo para vender destinos americanos a players B2B de todo o planeta, traz a esperança de um anúncio em breve do governo.

Há 33 países com restrições de entrada nos Estados Unidos, além das fronteiras terrestres com Canadá e México. São apenas 17% dos países existentes no mundo, mas que representaram, em 2019, 53% das visitas de turistas para os Estados Unidos.

Mesmo sem saber quando essas fronteiras serão reabertas (há expectativa de as primeiras restrições caírem em novembro), a US Travel projeta uma recuperação total para 2024, pois mesmo após a reabertura, os protocolos e exigências e a malha aérea limitada ainda vão inibir as viagens ao país.

A US Travel Association divulgou que cada semana com essas 33 fronteiras fechadas significa uma perda de US$ 1,5 bilhão para a economia americana, o que ajudaria a manter 10 mil empregos.

A entidade, que reúne as maiores empresas de Turismo dos Estados Unidos, além de CVBs e destinos, pede que o governo federal anuncie com urgência um plano de reabertura, com aceitação do máximo de vacinas, ou, como fez o próprio IPW, com todas as vacinas aceitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

IPW/US TRAVEL
Países em vermelho estão com restrições de entrada nos Estados Unidos (e respondem por 53% das visitas de 2019); países em amarelo estão liberados, mas restrições no retorno para casa inibem as viagens; países em laranja têm liberação por via aéreas, mas fronteiras terrestres ainda fechadas; países em verde liberados
Países em vermelho estão com restrições de entrada nos Estados Unidos (e respondem por 53% das visitas de 2019); países em amarelo estão liberados, mas restrições no retorno para casa inibem as viagens; países em laranja têm liberação por via aéreas, mas fronteiras terrestres ainda fechadas; países em verde liberados
Segundo o presidente da US Travel, Roger Dow, foi o argumento econômico que fez com que o governo federal desse à US Travel e ao IPW o primeiro acordo de uma associação para entrada de participantes de um evento com a autorização NIE – Nation Interest Exception (Exceção de Interesse Nacional). “Mostramos a eles que cerca de 300 participantes, a maioria vacinados e todos testados, não teriam impacto no plano nacional contra a covid, já que já há dezenas de milhões de americanos imunizados. Mas se o IPW não fosse realizado, as perdas seriam de bilhões de dólares, já que o evento já gerou mais de US$ 5,5 bilhões de negócios, ajudando o país a se manter na liderança no Turismo mundial”, disse ele.

Todos os inscritos que pediram o NIE receberam e foram mais de 300, entre compradores, jornalistas e delegados internacionais, representando 27 países, como Brasil, França, Reino Unido, Itália e Holanda.

Com isso o IPW 2021 vai receber 765 compradores e jornalistas internacionais. A delegação brasileira está estimada em 70 profissionais, metade compradores e metade mídia.

PANROTAS / Artur Luiz Andrade
Roger Dow, presidente da US Travel Association
Roger Dow, presidente da US Travel Association

IPW/US TRAVEL

TOP 10

Em julho, os 10 maiores mercados emissores para os Estados Unidos tinham queda de cerca de 90% no envio de visitantes, em relação a 2019:

Líder em 2019, o Reino Unido caiu - 96% até julho e acabou na 16ª posição. O Brasil, quinto colocado há dois anos, ficou em 14º, com queda de 90%. No Top 10, ainda têm fronteiras fechadas pelos EUA Reino Unido, China, Brasil, Alemanha, França, Índia e Itália.

ABERTURA

PANROTAS / Artur Luiz Andrade
Resorts World, complexo com os hotéis Hilton, Conrad e Crockfords
Resorts World, complexo com os hotéis Hilton, Conrad e Crockfords
A festa de abertura do IPW 2021 ocorreu no Resorts World Las Vegas, complexo hoteleiro aberto há poucas semanas, que conta com três hotéis: Hilton, Conrado e LXR, marca ultra luxo da rede Hilton que opera o Crockfords Las Vegas, da Genting Berhad, da Malásia.
Um enorme cassino já é default em Vegas, mas o complexo aposta em entretenimento, com mais de 40 experiências gastronômicas, um clube noturno, Zouk, inaugurado ontem pelo DJ Tiesto, e uma lista de artistas residentes que inclui Celine Dion, Carrie Underwood, Katy Perry e Luke Bryan, todos já nos próximos meses.

O complexo conta com 3,5 mil quartos e custou US$ 4,3 bilhões. Las Vegas não inaugurava um novo hotel há cerca de dez anos.

O EVENTO
Todos os participantes do IPW precisaram mostrar um certificado de vacinação (com imunizantes aprovados pela OMS) ou um teste negativo para covid-19. A feira, que ocorre de segunda a quarta-feira, está com mais espaços entre os estandes (o que não é problema para o maior centro de convenções dos Estados Unidos, com novo pavilhão aberto há poucos meses), almoço em três turnos, e obrigatoriedade do uso de máscara dentro da feira. O IPW tem vacinação no centro de convenções, tanto para gripe quanto para covid-19.

Mesmo com a burocracia para entrar no país (teste negativo feito e apresentado no Brasil ainda, uso de máscara no voo, imigração e conexões mais lentas) e com o alto número de novas infecções nos Estados Unidos, os brasileiros estão comemorando a realização e presença no IPW.

O presidente da PANROTAS, Guillermo Alcorta, parabenizou Roger Dow, presidente da US Travel, e a vice-presidente de Assuntos Públicos, Tori Emerson Barnes, que liderou a negociação com o CBP para aprovação do NIE para os participantes do evento, pela inciativa e ousadia para realizar a feira, que significa a retomada dos eventos de Turismo no mundo.

Na festa de abertura, profissionais como Karla Haimenis, da Plantel, Oswaldo Freitas, da Easy Time, Barbara Picolo, da Easy Travel Shop, Melissa Rosa, da FRT, Juarez Cintra, da Ancoradouro, Ronnie Correa, da Abreu, Ana Maria Donato, da Imaginadora, Daniella Roman, da Interamerican, representante do IPW no Brasil, Fred Levy, da Interpoint, entre tantos outros, celebraram o reencontro do trade e aguardam ansiosamente a abertura das fronteiras. Nenhum deles tem dúvidas do sucesso que será a retomada para os Estados Unidos, mesmo com os voos ainda com frequências reduzidas, e com cerca de dois milhões de brasileiros ainda necessitando renovar o visto. Estima-se que entre 4 e 6 milhões de brasileiros tenham visto válido para o país.

O Portal PANROTAS viaja a convite da US Travel, voando American Airlines e com seguro GTA Assist, incluindo cobertura contra covid-19.

Confira abaixo as fotos do primeiro dia de IPW.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA