Trocando Ideia abordou economia e alta do dólar; assista

|


Emerson Souza
Perdeu o Trocando Ideia ao vivo no Facebook? Aqui está outra oportunidade de assistir ao vídeo. Nessa quarta-feira, 18, o economista Guilherme Dietze, da FFA Consultoria e Pesquisa Econômica e da Fecomercio-SP, participou do programa e bateu um papo com o editor-chefe da PANROTAS, Artur Andrade, sobre cenário econômico, perspectivas para o segundo semestre, eleições 2018 e, claro, a alta do dólar.

Em um contexto de retomada econômica, o especialista recomenda uma certa cautela, mas está otimista quanto à recuperação no Brasil. Com relação à moeda norte-americana, Dietze ressaltou que a valorização se deve a uma série de fatores externos, somados à instabilidade política do País. "O governo Trump adotou algumas medidas na economia e o Banco Central deles, o FED aumentou os juros", explicou. Já o governo brasileiro, praticamente "parou de trabalhar" desde os novos escândalos do começo do ano.

A incerteza com relação ao resultado das eleições de outubro, aliás, é outro fator que dificulta a previsão de possíveis cenários econômicos. Para os empresários, a recomendação é justamente esperar um pouco antes de fazer grandes investimentos. De qualquer forma, o especialista acredita que, no longo prazo, a economia do País vai se estabilizar. "É um mercado muito grande para ir para o buraco. Com 200 milhões de habitantes e poder de consumo, é um mercado atraente para qualquer investidor de fora", afirmou.

Assista à conversa na íntegra:

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA