ECONOMIA E POLÍTICA

Bolsonaro nomeia Marcelo Álvaro como ministro do Turismo


Guilherme Alcorta
Marcelo Álvaro Antônio será ministro do Turismo na gestão Bolsonaro
Marcelo Álvaro Antônio será ministro do Turismo na gestão Bolsonaro
O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou nesta quarta-feira que o deputado federal por Minas Gerais Marcelo Álvaro Antônio será o ministro do Turismo no próximo mandato. Presidente do diretório mineiro do PSL, mesmo partido de Bolsonaro, Antônio obteve 230 mil votos nas eleições de outubro deste ano.

Desde as primeiras movimentações do governo de transição, havia uma dúvida se o MTur sobreviveria ao corte ministerial que Jair Bolsonaro propunha ao longo da campanha. Após algumas idas e vindas, e certamente diante do forte lobby da frente parlamentar em favor do Turismo, Bolsonaro nomeou hoje o político mineiro.

LEIA MAIS: Veja as propostas de Jair Bolsonaro para o Turismo
Como a eleição de Bolsonaro afetará o Turismo brasileiro?

Diante de deputados federais e representantes do trade turístico brasileiro, em Brasília, Marcelo Álvaro agradeceu o apoio ao seu nome. Ele prometeu realizar “viagens aos Estados e entender a realidade de cada lugar para que a gente consiga potencializar, não só o mandato de cada um de vocês, mas também o Turismo em cada Estado da nossa federação”.

Diferentemente de outras pastas, que tiveram suas chefias comunicadas por meio de redes sociais, o anúncio de Marcelo Álvaro contou com a presença do próprio presidente eleito. Aproveitando encontro realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), e a reunião de políticos que defendem a indústria do Turismo no parlamento nacional, Bolsonaro passou pela sala para cumprimentar os presentes e confirmar a nomeação.

O futuro chefe da Casa Civil e atual ministro extraordinário de transição, o deputado Onyx Lorenzoni comentou a indicação de Antônio. "O presidente sempre defendeu que no Brasil o governo tivesse um olhar especial para o Turismo, por conta da possibilidade de geração de emprego e renda, e para que o País pudesse desenvolver esse círculo de comércio tão venturoso, como a Espanha, países asiáticos e tantos outros."

No trade, a manutenção do Turismo com status de ministério é tida como uma vitória, após a pasta ter sido cogitada a se fundir com Cidades, Meio Ambiente, Esporte e Integração Nacional. O próprio Vinicius Lummertz, atual chefe da pasta, saiu em comemoração e agradecimento a todo o trade pelo que considera uma vitória.

Marcelo Álvaro Antônio tem 44 anos e atualmente é presidente do PSL de Minas Gerais. Ele é o segundo nome do PSL, partido de Jair Bolsonaro, a ser indicado a um ministério - o primeiro havia sido Gustavo Bebianno para a Secretaria-Geral da Presidência. Álvaro Antônio tem no currículo passagens por PRP, MDB e PR e atualmente integra a frente parlamentar evangélica no Congresso.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora