ECONOMIA E POLÍTICA

FBHA e CNC apresentarão demandas do Turismo ao novo ministro


Divulgação/CNC
Alexandre Sampaio, presidente da FBHA e do Cetur-CNC
Alexandre Sampaio, presidente da FBHA e do Cetur-CNC

Presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da CNC e uma das figuras mais atuantes na política do Turismo, Alexandre Sampaio vai propor um encontro ao deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), confirmado para ocupar o Ministério do Turismo em 2019.

Sampaio busca reunir representantes de entidades do Turismo para discutir temas estratégicos do setor no Brasil. Há a intenção também de entregar ao futuro ministro o documento Turismo: +Desenvolvimento +Emprego +Sustentabilidade. O texto, que durante a campanha eleitoral foi entregue ao então candidato à Presidência Jair Bolsonaro, contém dados, expectativas e reivindicações.

O presidente do Cetur-CNC, como grande parte do trade, comemora a manutenção da pasta. "Havia uma enorme expectativa em relação ao futuro do Ministério do Turismo. O nosso setor tem peso significativo na economia do Brasil e, diante da sua complexidade, precisa de boas estratégias e recursos para investimentos necessário. Foi uma grande notícia o anúncio de que o Turismo segue com status de ministério", aponta Alexandre Sampaio, antes de enviar os cumprimentos ao mineiro.

"Gostaria de saudar Marcelo Álvaro Antônio e dizer que pretendemos colaborar no que for necessário em seu mandato. O desejo do trade é que o turismo possa ocupar papel central na retomada do crescimento econômico. Penso que o futuro ministro dará atenção às políticas públicas e ao estímulo a programas de relevância nacional para toda a nossa cadeia produtiva", completa Sampaio.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA