Iata pede planejamento de governos para transporte de vacina

|

A Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo) informou que pediu que os governos comecem a desenvolver, com os grupos envolvidos do setor, um planejamento detalhado de preparação para o momento em que as vacinas da covid-19 forem aprovadas e estiverem disponíveis para distribuição. A entidade também alertou sobre restrições de capacidade potencialmente graves no transporte de vacinas por via aérea.

O transporte aéreo de carga desempenha um papel fundamental na distribuição de vacinas em tempos normais por meio de sistemas consolidados de distribuição global rápida e com controle de temperatura.

Divulgação
Alexandre de Juniac, presidente da Iata
Alexandre de Juniac, presidente da Iata
Segundo a Iata, essa capacidade será fundamental para o transporte e distribuição rápidos e eficientes das vacinas da covid-19, quando estiverem disponíveis, e isso não será realizado sem um planejamento cuidadoso, liderado pelos governos e com o apoio dos grupos envolvidos do setor.

"A distribuição segura das vacinas da covid-19 será a missão do século para o setor de carga aérea global. Mas isso não acontecerá sem um planejamento prévio cuidadoso. E agora é o momento certo para fazer isso. Pedimos que os governos assumam essa tarefa e facilitem a cooperação em toda a cadeia de logística para que as instalações, os preparativos de segurança e os processos de fronteira estejam prontos para essa ação gigantesca e complexa
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA