CVC Corp: Ernst & Young substitui KPMG na auditoria independente

|


Flickr/Euro Slice
Ernst & Young já revisa resultados do primeiro trimestre de 2021 da CVC Corp
Ernst & Young já revisa resultados do primeiro trimestre de 2021 da CVC Corp
A CVC Corp comunicou hoje ao mercado que trocou a empresa que fará auditoria independente de sua gestão. A Ernst & Young substitui a KPMG e passará a desempenhar esse papel. De acordo com a companhia de Turismo, a decisão ocorreu em linha com as recentes mudanças em sua governança, e é estratégica em termos de reestruturação de processos e controles internos.

As atividades da EY já começam com a revisão das informações do primeiro trimestre de 2021.

A KPMG, recentemente, retirou o risco de continuidade da CVC Corp, o que foi comemorado pelo CEO da companhia, Leonel Andrade.

Leia o comunicado na íntegra, assinado pelo diretor executivo de Finanças e diretor de Relações com Investidores, Mauricio Teles Montilha:

A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A. (“Companhia”), em atendimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 308, de 1999, conforme alterada (“ICVM 308”), comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia, em reunião realizada em 30 de março de 2021, a contratação da Ernst & Young Auditores Independentes S.S. (“EY”), em substituição à atual empresa responsável pela auditoria independente da Companhia, a KPMG Auditores Independentes (“KPMG”).

A Companhia esclarece que a decisão para a substituição do auditor independente ocorreu em linha com as mudanças recentes ocorridas na governança corporativa da Companhia, bem como no âmbito das estratégias de reestruturação de seus processos e controles internos, observando o período mínimo de 3 (três) exercícios sociais para a recontratação da EY, conforme exigido pelo Artigo 31 da ICVM 308.

Ainda, em atenção à ICVM 308, a Companhia informa que a KPMG anuiu com a alteração ora informada.

A EY iniciará suas atividades como auditor independente da Companhia a partir da revisão das informações financeiras trimestrais (ITRs) do primeiro trimestre do exercício de 2021.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA