Turismo inter deve ultrapassar 1,4 bilhão de viagens em 2018 | Pesquisas e Estatísticas | PANROTAS
PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Turismo inter deve ultrapassar 1,4 bilhão de viagens em 2018

Getty Images
Número total de viagens internacionais deve chegar a 1,4 bilhão em 2018, alta de 5,8%
Número total de viagens internacionais deve chegar a 1,4 bilhão em 2018, alta de 5,8%

O mercado global de viagens segue em seu caminho ascendente. O estudo Megatrends Shaping
the Future of Travel, divulgado nesta semana pela Euromonitor International, apontou que o número de chegadas internacionais deve bater 1,4 bilhão de pessoas, alta de 5,8% contra 1,323 bilhão que viajaram em 2017 e configurando um ganho de 77 milhões de viagens.

O aumento fica acima da previsão inicial da Organização Mundial do Turismo (OMT) para 2018, que era de 4% a 5%, e também da previsão de aumento médio anual de 3,8%, projetado pela entidade para o período 2010-2020.

Caso confirmada, a alta dá continuação ao crescimento observado no ano passado, quando o aumento foi de 7% na comparação ano a ano, ou 84 milhões de viajantes a mais que em 2016 - o maior percentual observada desde 2010.

US$ 2,5 TRILHÃO EM VENDAS; MOBILE GANHA TERRENO

Ainda de acordo com o relatório da Euromonitor, o total de vendas de viagens deve chegar a US$ 2,5 trilhões neste ano. Delas, pouco mais de 50% ainda acontecem de maneira off-line, via agentes e demais intermediadores.

Tal porcentagem, porém, tende a cair nos próximos anos, apontou o estudo. A previsão apontada para o período 2018-2023 é que ganhará maior relevância as vendas mobile: a comercialização de viagens pelo celular deve crescer 12% nesses cinco anos, ao passo que as vendas off-line devem subir apenas 1%, e a comercialização on-line por outros canais, 2%.

O total de receitas dos destinos deve subir 11%, segundo o estudo; se comparar com US$ 1,3 trilhão de 2017 segundo dados da OMT, esse número deve chegar a US$ 1,443 trilhão.

HOSPEDAGEM DE ALUGUEL EM ALTA


Pixabay
Acomodação em hospedagens de aluguel devem crescer 12,7% em 2018; Airbnb é um dos principais exemplos do segmento
Acomodação em hospedagens de aluguel devem crescer 12,7% em 2018; Airbnb é um dos principais exemplos do segmento

Na categoria de hospedagem, espera-se que o número de estadas cresça 6,1% em 2018. A hospedagem em aluguéis, como no caso do Airbnb, deve crescer mais que os demais tipos de acomodação, com previsão de alta de 12,7% para 2018.

Os hotéis, apesar disso, ainda correspondem a 73% de todas as vendas de hospedagens do globo.

LOW COSTS CRESCEM MAIS

O aumento da representatividade das transportadoras de baixo custo também deve ser comprovado no ano de 2018. O estudo da Euromonitor revelou que o crescimento em número de passageiros nas low costs deve ser de 7% neste ano, contra 5% das demais companhias; em vendas, a alta das companhias de baixo custo é prevista em 9%, contra 8% na mesma comparação.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA