Turista do Golfo gasta 6,5 vezes mais que a média global | Pesquisas e Estatísticas | PANROTAS
PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Turista do Golfo gasta 6,5 vezes mais que a média global

Divulgação/ Ásia Total
Viajantes de Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Omã, Kuwait, Bahrein e Catar são os que mais gastam, e atraí-los pode ser um bom negócio para destinos e fornecedores
Viajantes de Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Omã, Kuwait, Bahrein e Catar são os que mais gastam, e atraí-los pode ser um bom negócio para destinos e fornecedores

Atrair viajantes do Golfo Pérsico pode ser um dos melhores negócios possíveis para qualquer empresa que lide com Turismo. De acordo com relatório divulgado nesta sexta-feira (9) pela Organização Mundial do Turismo (OMT), os turistas dos países integrantes do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC) gastam 6,5 vezes mais em viagens internacionais do que a média global.

Fazem parte desta região Omã, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar, Bahrein e Kuwait - países conhecidamente portadores de algumas das maiores reservas de petróleo do mundo.

Conquistar um destes viajantes pode significar a um fornecedor, agência ou destino um faturamento de 650% do valor que receberia dos demais clientes do globo.

A informação é do relatório "O Mercado de Viagens de Saída do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC)", preparado em parceria da OMT com a Comissão Europeia de Turismo (ETC).

"O estudo constatou que o gasto turístico per capita do GCC foi 6,5 vezes maior do que a média global de 2017, com gastos estimados em mais de US$ 60 bilhões em 2017, acima dos US$ 40 bilhões em 2010", comentou o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili.

O relatório constata ainda que as viagens de saída dos países do Golfo para destinos europeus se beneficiaram do crescimento "sem precedentes" nas viagens aéreas durante a última década devido ao crescimento da malha aérea das transportadoras da região, que tornaram-se grandes representantes da aviação de longa distância - Emirates, Etihad e Qatar estão inclusas.

PERFIL DE VIAJANTE

O perfil do viajante do Golfo, de acordo com o relatório da OMT, é de jovens com grandes rendas, mas sem ter onde gastar. Eles procuram principalmente acomodações de alta qualidade, assim como alimentação e varejo de alto padrão.

Um dos principais destinos para eles é o continente europeu. "Eles valorizam a variedade de atrações e paisagens da Europa, a infraestrutura desenvolvida e os sistemas comuns de vistos e moeda, que facilitam as viagens multidestino", resume o relatório, acrescentando que viajar pelos países europeus é uma boa oportunidade para comprar roupas de marcas de luxo.

Viajantes de Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Omã, Kuwait, Bahrein e Catar são os que mais gastam, e atraí-los pode ser um bom negócio para destinos e fornecedores.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA